tratamento para gengivite

Tratamento para gengivite: como é feito e como prevenir

A gengivite é uma complicação no qual ocorre uma inflamação do tecido gengival, geralmente derivada de uma irritação provocada por bactérias.

Abaixo você irá conferir mais a seu respeito como o que é, sintomas, causas e como é feito o tratamento para gengivite. Confira:

O que é gengivite?

Você sabe o que é gengivite? A gengivite é o nome dado a uma inflamação dos tecidos gengivais, o que pode acabar causando vários sintomas.

Normalmente essa condição é causada pelo acúmulo da placa bacteriana, que geralmente acontece devido a má higienização dos dentes.

Caso o tratamento para gengivite não for realizado, essa condição pode se desenvolver para um caso de periodontite. Quando isso ocorre os sintomas podem ser bem mais severos que os da gengivite, podendo levar até mesmo a perda dentária.

Quais são os sintomas?

A gengivite é uma condição que provoca vários sintomas na boca do paciente, tais como:

  • Dor;
  • Vermelhidão;
  • Inchaço;
  • Gosto ruim na boca;
  • Halitose;
  • Sangramento das gengivas durante a escovação ou uso do fio dental;
  • Retração gengival.

Sendo assim, ao perceber qualquer um desses sintomas é importante que o paciente procure atendimento com um dentista rapidamente. Isso se deve ao fato de que ele será capaz de avaliar e fazer o tratamento para gengivite, resolvendo assim a condição.

O que causa gengivite?

Assim como dito anteriormente, a gengivite corresponde a uma inflamação da gengiva do paciente e geralmente ocorre devido a má higienização dos dentes.

Essa falta de cuidado com a limpeza dos dentes faz com que as bactérias e partículas de alimentos continuem presas sobre os dentes do paciente, formando a placa bacteriana.

Quando essas bactérias iniciam o processo no qual digerem essas partículas de alimentos, elas acabam liberando um ácido que é responsável por causar a irritação da gengiva, causando sua inflamação.

Também é importante lembrar que quando a placa bacteriana não é removida, além da gengivite, ela também pode gerar a formação do tártaro, que é uma camada rígida formada de bactérias, saliva e partículas de alimentos.

Assim como a placa, ela também pode causar a gengivite, no entanto, ela possui o diferencial de não poder ser removida com uma simples escovação.

Como é feito o tratamento para gengivite

Como é feito o tratamento para gengivite?

O tratamento para gengivite é realizado através da remoção dos fatores que podem causá-la, ou seja, através da remoção da placa bacteriana e do tártaro.

Através da remoção dos fatores de risco é possível evitar a irritação da gengiva provocada pelos ácidos produzidos pelas bactérias. Sua remoção é realizada durante o procedimento chamado profilaxia dentária, que é a limpeza profissional dos dentes.

Durante a profilaxia, é realizada a raspagem dental, onde o dentista utiliza um dispositivo de ultrassom ou uma cureta manual e retira o tártaro dos dentes.

Caso necessário, também pode ser realizada a raspagem subgengival, onde o profissional remove a camada de tártaro que se encontra sob a gengiva.

Após essa remoção, é esperado que a gengivite seja controlada e com o passar de alguns dias ou semanas sua gengiva retorne ao estado normal.

Em alguns casos, o profissional pode recomendar o uso de certos enxaguantes bucais, cremes dentais ou até mesmo anti-inflamatórios para contribuir para a recuperação.

Existe algum tipo de tratamento para gengivite caseiro?

O melhor tratamento para gengivite caseiro é a prevenção dela, que deve ser feita mantendo-se uma boa escovação dos dentes e o uso correto do fio dental.

Através desses bons hábitos de higiene bucal é possível remover a placa bacteriana e evitar a formação do tártaro. Sendo assim, ao remover os dois principais fatores responsáveis por causar a gengivite é possível evitar o surgimento da gengivite.

LEIA TAMBÉM: Remédio para gengivite: veja quais são os tipos utilizados!

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana, o que auxilia na prevenção da gengivite.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *