Dentista mostrando simulação de dente cariado

Tratamento de canal preço? Descubra tudo sobre!

O tratamento de canal é um procedimento odontológico muito realizado em consultório. É o principal tratamento para reverter o problema da cárie, e deve ser feito o quanto antes pelo dentista.

Veja aqui as principais informações sobre o procedimento, como ele é feito, quando ele é indicado, cuidados e qual o preço:

Quanto custa o tratamento de canal?

O valor do tratamento de canal é bastante variável, dependendo do profissional escolhido, gravidade do caso e localização da clínica.

No entanto, deve-se considerar que o tratamento de canal é um investimento à saúde bucal, já que é essencial para a cura e recuperação da estrutura atingida.

Em média, o valor do procedimento vai de R$ 700,00 (setecentos reais) a R$ 1.700,00 (mil e setecentos reais), englobando a radiografia do dente a ser tratado e todo processo da anestesia até o fechamento do dente.

Tratamento de canal, o que é?

Afina, o que é tratamento de canal? O tratamento de canal é o procedimento que envolve a remoção do tecido cariado e realiza a reabilitação da estrutura dentária.

É o procedimento indicado em casos em que a polpa do dente tenha sido afetada por uma infecção ou inflamação, o que acontece em casos de cáries muito profundas, fraturas ou traumas dentários.

Dessa forma, é a abordagem de tratamento em casos que já se encontram avançados e que na maioria das vezes tenham sido diagnosticados quando o problema já tinha evoluído. Assim, mais importante que se submeter ao tratamento de canal é prevenir o problema.

Também chamado de canal dentário, é o principal tratamento da endodontia, e a sua realização é feita pela limpeza do local, preparação e preenchimento do dente tratado.

Considerando a condição que o problema já está, caso não seja feito a tempo, o tratamento deverá ser feito por meio da extração dentária.

Quando recorrer ao tratamento de canal?

Uma vez que a cárie for tratada de forma prévia, se evita que o caso se agrave e que o tratamento de canal ocorra. Dito isso, é muito importante que as visitas ao dentista sejam regulares, para que haja o diagnóstico precoce do problema.

No contrário, para que o tratamento de canal seja feito o quanto antes é possível que o paciente perceba por alguns sintomas característicos a necessidade de recorrer ao dentista:

  • Dor de dente – casos em que a cárie é profunda e que a polpa já foi atingida, podem ser detectados por uma dor constante e latejante.
  • Sensibilidade na ingestão de comidas quentes ou geladas.
  • Dores no maxilar, ouvido e cabeça.
  • Inchaço na região – por conta da infecção pode haver a formação de um edema na região, compreendendo não só o dente, mas também a pálpebra. Em casos mais graves, pode haver a formação de bolsas de pus e abscessos por conta de infecção.
  • Traumas na boca – a incidência do trauma na boca pode levar ao escurecimento do dente, afetando o seu aspecto natural, e até mesmo a exposição do nervo, que é uma condição de risco.
  • Danos à estrutura dental – uma vez que a estrutura do dente está debilitada, é possível que não haja a percepção de um sintoma adjunto, sendo revelado o problema por meio da realização de uma radiografia.

Dentista desgastando dente cariado do paciente em tratamento de canal

Como é feito o tratamento de canal?

O tratamento de canal é feito a partir do pleno conhecimento do diagnóstico do problema. Em primeiro momento, o dentista fará a aplicação de anestesia no local no qual a abordagem será feita, permitindo que o paciente se beneficie de uma experiência confortável e sem sentir qualquer desconforto.

Feito isso, o cirurgião dentista fica livre para realizar uma abertura na coroa dentária, o que permite que ele acesse a polpa dentária. Para isso, é feito o processo de desgaste do esmalte e da dentina.

É por meio dessa abertura que é possível remover toda a polpa comprometida, para que em seguida a cavidade possa ser limpa e alargada por meio do uso de uma lima endodôntica muito fina.

Com a cavidade limpa, o dentista realiza o fechamento da abertura feita no dente por meio de uma restauração temporária, que será responsável por proteger a estrutura até a próxima consulta para a colagem da peça definitiva.

É também na próxima consulta que será possível fazer o preenchimento dos canais (obturação) e da câmara pulpar. Para o preenchimento dos canais, o dentista fará o uso de pontas de Guta, podendo em alguns casos reforçar com pinos de metal ou pinos plásticos.

Em alguns casos, o dentista pode utilizar medicação local (intracanal) por cerca de 15 dias, para que só assim seja feita a obturação do canal.

LEIA TAMBÉM: Tratamento de canal dói? Descubra aqui e sane as suas dúvidas

Cuidados necessários

Normalmente, os sintomas da recuperação do tratamento de canal melhoram após 3 dias, isso considerando que o paciente siga corretamente as orientações passadas pelo dentista e faça a medicação correta.

Entre as demais recomendações passadas pelo paciente estão:

  • Evite o consumo de alimentos duros – é necessário deixar o dente, ou os dentes, envolvidos, em “repouso”, uma vez que estão sensíveis, evitando fraturas ou até mesmo a exposição das restaurações provisórias.
  • Manutenção de uma boa higiene bucal – é importante que após a cirurgia, o paciente busque uma higiene bucal completa e minuciosa, evitando novos problemas bucais e requerendo uma certa suavidade na região tratada somente nos primeiros dias.
  • Uso correto dos medicamentos prescritos pelo dentista – para o pós-operatório, o dentista irá fazer a prescrição de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, amenizando incômodos ou dores da recuperação.
  • Fazer as visitas necessárias ao consultório do dentista – as visitas regulares ao dentista são essenciais para o sucesso do tratamento, podendo assim haver o acompanhamento indicado, percepção de lesões ou outros problemas clínicos, prevenindo a realização de novos tratamentos invasivos.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

Uma visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *