tártaro

Tártaro: o que é, o que causa e como removê-lo dos dentes

O tártaro diz respeito a uma condição que é caracterizada pela formação de uma camada rígida sobre os dentes do paciente.

Confira mais a seu respeito no artigo abaixo:

O que é tártaro?

O tártaro é uma complicação que corresponde à calcificação da placa bacteriana, formando uma camada rígida sobre a superfície dos dentes.

Essa camada é porosa e pode ter uma coloração esbranquiçada, amarelada ou amarronzada e geralmente se forma próxima à linha das gengivas.

O fato de ser formado pelo endurecimento da placa bacteriana significa que, assim como ela, ele consiste no aglomerado de saliva, bactérias e restos de alimentos.

Como o tártaro no dente surge?

O tártaro no dente é uma camada rígida que se forma sobre os dentes por conta do enrijecimento da placa bacteriana, que é uma fina película que se forma sobre os dentes composta por partículas de alimento, saliva e bactérias.

A placa bacteriana se forma sobre os dentes toda vez que nos alimentamos e é removida ao escovar os dentes e utilizar o fio dental.

O que significa que quando deixamos de higienizar a boca essa camada permanece sobre os dentes e com o passar do tempo essa camada acaba ficando rígida, o que resulta na formação do tártaro.

Como identificá-lo?

A camada que se forma sobre os dentes chamada tártaro geralmente possui uma tonalidade esbranquiçada, amarelada ou amarronzada e se na maioria das vezes se forma próximo a linha da gengiva.

Sendo assim, é possível identificar a partir da observação, porém caso o paciente não consiga identificar, um profissional também pode visualizar através das visitas regulares ao dentista.

O que ele pode causar?

O tártaro é uma camada rígida que se forma sobre os dentes e é resultante do endurecimento da placa bacteriana.

Por se tratar de uma camada rígida e porosa, ela contribui para o desenvolvimento de novas bactérias sob sua estrutura.

Dessa forma, ele pode contribuir para a formação de problemas relacionados ao desenvolvimento bacteriano no interior da boca, como cáries, gengivite e periodontite.

Além disso, ele também é responsável por comprometer a estética dos dentes por formar camadas amareladas ou amarronzadas em sua superfície, assim como causar o mau hálito e deixar um gosto ruim na boca.

Como remover o tártaro dos dentes

Como remover o tártaro dos dentes?

Diferentemente da placa bacteriana, o tártaro não pode ser removido dos dentes através da escovação e do uso do fio dental.

Dessa forma, para removê-lo é necessário que o paciente realize a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes, pois durante sua realização o dentista realizará a raspagem.

A raspagem dental consiste em um procedimento onde o profissional utiliza uma cureta manual ou um dispositivo de ultrassom para realizar a remoção do tártaro sobre os dentes.

A cureta remove o tártaro através da raspagem, enquanto o dispositivo de ultrassom emite ondas que quebram o tártaro em partes menores para assim removê-lo.

O processo de remoção do subgengival é um pouco diferente pois utiliza uma cureta especial que consegue adentrar o espaço entre a gengiva e os dentes para efetuar a higienização.

Como prevenir sua formação?

Assim como foi dito anteriormente, o dente com tártaro é formado por conta do endurecimento da camada de placa bacteriana sobre o dente do paciente.

Sendo assim, para prevenir sua formação é importante que o paciente combata a formação e permanência da placa bacteriana.

A remoção da placa bacteriana só é possível através de uma boa higienização dos dentes, que é feita por meio de uma boa escovação e do uso correto do fio dental. Portanto, para evitar sua formação é recomendado sempre higienizar os dentes após as refeições.

Assim como a higienização bucal realizada em casa, também é muito importante visitar o dentista regularmente para efetuar a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

Uma visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *