foto de raio x mostrando o siso nascendo

Siso nascendo? Veja aqui, dúvidas e dicas sobre o dente!

Você está sentindo alguma dor ao fundo da arcada bucal? Se sim, pode ser que o seu siso está nascendo.

Saiba tudo sobre os dentes sisos e o seu nascimento:

O que é o siso?

O termo “siso” refere-se aos dentes siso, que são os terceiros molares permanentes, localizados no final de cada lado da arcada dentária. O siso nascendo geralmente é visto entre 17 e 25 anos de idade, embora esse cronograma possa variar de pessoa para pessoa.

Os dentes do siso podem ser chamados de “terceiros molares” porque estão localizados na posição mais posterior da boca, após os dois conjuntos de molares permanentes já terem erupcionado.

Cada pessoa normalmente tem quatro dentes do siso, um em cada quadrante da boca (superior direito, superior esquerdo, inferior direito e inferior esquerdo).

A erupção dos dentes do siso nem sempre ocorre sem problemas. Em alguns casos, os sisos podem não ter espaço suficiente na boca para erupcionar corretamente.

Isso pode levar a problemas como impactação, dor, inflamação da gengiva e outros desconfortos. Quando os dentes do siso causam problemas, o dentista pode recomendar a remoção dos mesmos.

Dente siso nascendo: sintomas

homem com a mão na bochecha sentindo dor devido ao nascimento do siso

A erupção dos dentes do siso, ou terceiros molares, pode ser associada a alguns sinais e sintomas, devido ao atrito durante o nascimento do dente.
Esse sintomas são:

  1. Dor e desconforto:
    A dor na região posterior da boca, geralmente na área dos sisos, é um sintoma comum. Pode ocorrer desconforto ao mastigar, abrir a boca ou ao tocar a área.
  2. Inchaço e sensibilidade na gengiva:
    A gengiva ao redor do dente do siso pode ficar inchada e sensível durante o processo de erupção.
  3. Dificuldade para abrir a boca:
    A erupção dos sisos pode levar à rigidez e dificuldade para abrir completamente a boca.
  4. Irritação nas bochechas e língua:
    À medida que os sisos tentam romper a gengiva, eles podem causar irritação nas bochechas e na língua.
  5. Desalinhamento dos dente:
    Quando o siso está nascendo e não há espaço, é comum que durante a erupção os demais dentes se desalinhem, ficando um a frente do outro, abrindo espaço para o siso. 

É importante notar que nem todas as pessoas experimentam sintomas óbvios durante a erupção dos dentes do siso, e alguns sisos podem erupcionar sem causar desconforto significativo. 

Com quantos anos nasce o dente siso?

Os dentes do siso geralmente começam a erupcionar na cavidade bucal entre os 17 e 25 anos de idade. No entanto, o momento exato pode variar de pessoa para pessoa.

Algumas pessoas podem ter seus sisos erupcionando antes dos 17 anos, enquanto outras podem não ver o início da erupção até depois dos 25 anos.

O processo de erupção dos dentes do siso pode ser acompanhado por alguns sintomas, como dor, inchaço e desconforto na área.

Nem todas as pessoas experimentam problemas durante a erupção dos sisos, mas em alguns casos, pode haver falta de espaço na boca, levando a impactação e outros problemas dentários.

O que acontece se a extração não for feita?

mulher deitada na cadeira se preparando para extração do siso

Se a extração dos dentes do siso não for realizada quando necessário, podem ocorrer alguns problemas e complicações. Nem todos os dentes do siso precisam ser extraídos, mas em alguns casos, a extração é recomendada por:

  • Impacto.
  • Dificuldade de limpeza.
  • Mau alinhamento dos demais dentes.
  • Cistos e tumores.
  • Infecções.
  • Dor.
  • Desconforto.
  • Problemas na mastigação.

Muitas vezes, os dentes do siso não têm espaço suficiente para erupcionar normalmente. Eles podem ficar parcialmente impactados (presos parcialmente na gengiva) ou completamente impactados (presos sob a gengiva e no osso). A impactação pode causar dor, inchaço e inflamação.

A localização posterior da boca torna difícil alcançar e limpar completamente os dentes do siso. Isso pode levar ao acúmulo de placa, cárie dentária e problemas periodontais.

A erupção dos dentes do siso pode causar deslocamento dos dentes adjacentes, levando a problemas de alinhamento.

Cistos ou tumores podem se desenvolver ao redor dos dentes do siso impactados, o que pode danificar os ossos e tecidos circundantes.

A área ao redor dos dentes do siso pode ser propensa a infecções devido à dificuldade de limpeza. Isso pode resultar em abscessos dentários e infecções.

Mesmo que os dentes do siso não causem problemas imediatos, eles podem se tornar fonte de desconforto e dor no futuro.

A presença de dentes do siso impactados ou mal posicionados pode afetar a mastigação e a função adequada da mandíbula.

Como é feita a extração desse dente?

A extração de siso é um procedimento odontológico comum e geralmente é realizada em um consultório dentário. O procedimento pode variar dependendo da posição e do desenvolvimento dos dentes do siso, bem como da preferência e experiência do dentista. 

Antes da extração, o dentista realizará uma avaliação clínica e pode solicitar radiografias para avaliar a posição exata e a condição dos dentes do siso.

Após isso, se iniciará o processo de retirada.

Anestesia:
O dentista administrará uma anestesia local para garantir que a área ao redor dos dentes do siso esteja completamente adormecida e sem dor durante o procedimento.

Em alguns casos, especialmente se vários dentes estiverem sendo extraídos ou se os sisos estiverem impactados, pode ser oferecida anestesia geral.

Incisão na gengiva (se necessário):
Se o dente do siso estiver parcial ou totalmente impactado, o dentista pode precisar fazer uma pequena incisão na gengiva para acessar o dente.

Remoção do dente:
O dentista usará instrumentos odontológicos adequados para soltar e remover o dente do siso do osso e do ligamento periodontal que o prende.

Sutura (se necessário):
Após a remoção do dente, o dentista pode optar por fechar a incisão na gengiva com pontos (suturas) se achar necessário.

É importante seguir as instruções do dentista após a extração dos dentes do siso para garantir uma recuperação suave e prevenir complicações. 

Dicas para aliviar a dor após a extração

mulher com gelo no rosto após realizar a extração do siso

Após o procedimento de extrair siso, é comum experimentar algum desconforto e dor. Atente-se as dicas para aliviar a dor e promover uma recuperação mais confortável.

  1. Medicação prescrita:
    Tome os medicamentos prescritos pelo dentista conforme as instruções. Isso geralmente inclui analgésicos para aliviar a dor e anti-inflamatórios para reduzir o inchaço.
  2. Compressas de gelo:
    Aplique compressas de gelo na área externa da bochecha próxima à extração. Isso pode ajudar a reduzir o inchaço e proporcionar alívio.
  3. Descanso adequado:
    Descanse bastante e evite atividades físicas intensas nos primeiros dias após a extração. Isso ajuda na recuperação e reduz o risco de complicações.
  4. Alimentação adequada:
    Opte por alimentos frios, macios e fáceis de mastigar nos primeiros dias. Evite alimentos quentes, crocantes ou que exijam muita mastigação.
  5. Higiene bucal cautelosa:
    Siga as instruções do dentista sobre como realizar a higiene bucal após a extração. Geralmente, é recomendado evitar enxaguantes bucais fortes e escovar com cuidado a área ao redor da extração.
  6. Evite fumar e consumir álcool:
    Evite fumar e consumir álcool, pois esses hábitos podem retardar a cicatrização e aumentar o risco de complicações.
  7. Acompanhamento com o dentista:
    Siga o cronograma de consultas de acompanhamento agendadas pelo dentista. Isso permite que ele avalie a recuperação e faça ajustes, se necessário.

Se a dor persistir ou piorar, é importante entrar em contato com o dentista para receber orientações adicionais. Cada pessoa pode ter uma experiência única após a extração dos sisos, e o dentista pode oferecer recomendações personalizadas com base nas necessidades individuais.

LEIA TAMBÉM: Dente siso inflamado: saiba como identificar e tratar o problema

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a sua saúde bucal e prevenir doenças.

Além disso, por meio das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista tenha acesso aos procedimentos odontológicos já realizados e a possíveis tratamentos para garantir a sua saúde bucal.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *