ilustração de retração gengival tratamento caseiro

Retração gengival tratamento caseiro: saiba mais!

A retração gengival pode ocorrer em alguns casos, como escovação inadequada, doenças periodontais entre outros.

Neste texto você poderá tirar todas as suas dúvidas sobre a condição e o mais importante, sabe sobre retração gengival tratamento caseiro!

O que é retração gengival?

A retração gengival, também conhecida como recessão gengival, é um problema bucal em que a margem da gengiva se afasta do dente, expondo assim parte da raiz dentária.

Isso pode levar a vários problemas, incluindo sensibilidade dentária, risco aumentado de cárie dentária na raiz e comprometimento estético.

O tratamento da retração gengival pode envolver medidas como ajustes na técnica de escovação, tratamento da doença periodontal, uso de géis ou cremes dessensibilizantes, entre outros.

Em casos mais avançados, podem ser considerados procedimentos cirúrgicos, como enxertos gengivais, para cobrir a área exposta da raiz dentária.

É importante procurar a orientação de um dentista ou periodontista se você notar sinais de retração gengival para avaliação e tratamento adequados.

A prevenção, como a prática de uma boa higiene bucal e visitas regulares ao dentista, também desempenha um papel crucial na manutenção da saúde das gengivas.

Causa da retração gengival

ilustração de possíveis causas de retração gengival

A retração gengival pode ter diversas causas, e muitas vezes é resultado de uma combinação de fatores. É importante identificar a causa subjacente da retração gengival para determinar o melhor plano de tratamento. 

Veja abaixo, possíveis causas da retração gengival, e logo após leia: retração gengival tratamento caseiro!

Escovação agressiva: O uso de escovação muito vigorosa ou uma escova de cerdas duras pode desgastar a gengiva e contribuir para a retração.

Doença periodontal: Infecções bacterianas que afetam as gengivas podem levar à retração gengival.

Genética: Algumas pessoas podem ser geneticamente predispostas a ter gengivas mais finas, o que pode aumentar o risco de retração.

Má oclusão: Má oclusão ou bruxismo (ranger dos dentes) podem contribuir para a retração gengival.

Piercings na boca: O uso de piercings orais, especialmente na língua, lábios ou bochechas, pode causar atrito e levar à retração gengival.

Fumo: O tabagismo é um fator de risco para a saúde periodontal, o que pode contribuir para a retração gengival.

Fatores hormonais: Mudanças hormonais, como aquelas associadas à gravidez, menopausa ou uso de contraceptivos, podem afetar a saúde das gengivas.

Em muitos casos, a prevenção desempenha um papel fundamental, e hábitos saudáveis de higiene bucal, visitas regulares ao dentista e ações para evitar fatores de risco podem ajudar a minimizar o problema. Se você observar sinais de retração gengival, é aconselhável consultar um dentista para avaliação e orientação adequadas.

LEIA TAMBÉM: Como é a retração gengival antes e depois do tratamento?

Retração gengival tratamento caseiro

mulher usando fio dental para prevenir retração gengival

A retração gengival é um problema que, em alguns casos, pode ser amenizado ou prevenido com cuidados caseiros, mas é fundamental destacar que o tratamento adequado deve ser determinado por um profissional de saúde bucal. Aqui estão algumas práticas que podem ser úteis:

  • Escovação adequada:
    Use uma escova de dentes de cerdas macias.
    Adote uma técnica de escovação suave e eficaz, evitando escovar com muita pressão.
    Utilize uma escova elétrica, se possível, pois ela pode ser menos agressiva.
  • Fio dental regular:
    O uso diário de fio dental ajuda a remover a placa bacteriana entre os dentes e ao longo da linha da gengiva.
    Fio dental com cuidado para evitar lesões nas gengivas.
  • Enxaguantes bucais sem álcool:
    Enxaguantes bucais sem álcool podem ser usados para ajudar a controlar as bactérias na boca.
  • Evitar substâncias irritantes:
    Evite o tabaco, que pode contribuir para a retração gengival.
    Reduza o consumo de alimentos e bebidas ácidos, que podem desgastar o esmalte dos dentes.
  • Hidratação:
    Beba água regularmente para manter a boca hidratada.
  • Suplementos de coenzima Q10:
    Alguns estudos sugerem que suplementos de coenzima Q10 podem ter benefícios na saúde das gengivas.
  • Vitamina C:
    Consuma alimentos ricos em vitamina C, pois essa vitamina é essencial para a saúde gengival.

É importante notar que essas práticas são complementares e não substituem a consulta a um dentista. Se você está enfrentando retração gengival, é crucial procurar a orientação de um profissional.

Em alguns casos, podem ser necessários procedimentos odontológicos para tratar ou corrigir a retração, como enxertos gengivais. Portanto, marque uma consulta com seu dentista para uma avaliação completa e um plano de tratamento personalizado.

Como prevenir a retração gengival?

A prevenção da retração gengival envolve práticas de higiene bucal adequadas e hábitos saudáveis. 

Escove os dentes duas vezes ao dia com uma escova de cerdas macias e pasta de dentes com flúor.
Use fio dental diariamente para limpar entre os dentes e ao longo da linha da gengiva.
Use enxaguantes bucais sem álcool, especialmente se você tiver histórico de sensibilidade nas gengivas.

Adote uma técnica de escovação suave para evitar danos às gengivas, usando escovas de dentes elétricas, se possível, pois podem ser menos agressivas.

Mantenha uma dieta equilibrada rica em vitaminas e minerais, especialmente vitamina C, que é essencial para a saúde das gengivas.

Realize exames dentários regulares para identificar problemas precocemente e receber aconselhamento profissional.

Lembrando que, caso note sinais de retração gengival, é fundamental procurar um dentista. O profissional pode avaliar a extensão do problema e recomendar tratamentos específicos, como limpezas profissionais, enxertos gengivais ou outros procedimentos necessários para reverter ou controlar a retração.

Tratamento em consultório odontológico

mulher no dentista tratando retração gengival

O tratamento da retração gengival no consultório odontológico pode envolver várias abordagens, dependendo da gravidade do problema. Alguns dos procedimentos comuns realizados pelo dentista incluem:

  • Limpeza profissional:
    Uma limpeza profissional pode ser realizada para remover a placa bacteriana e o tártaro que podem estar contribuindo para a retração.
  • Raspagem e alisamento radicular:
    Esse procedimento envolve a remoção de tártaro e bactérias abaixo da linha da gengiva, alisando as raízes dos dentes para ajudar na cicatrização.
  • Enxerto gengival:
    Se a retração gengival for significativa, um enxerto gengival pode ser recomendado. Nesse procedimento, o dentista retira um pequeno pedaço de tecido gengival de outra área da boca (ou utiliza materiais sintéticos) e o enxerta na área onde ocorreu a retração.
  • Enxerto de tecido conjuntivo:
    Um enxerto de tecido conjuntivo é uma técnica mais avançada, onde o dentista remove uma pequena quantidade de tecido abaixo da camada muscular da boca e o enxerta na área da retração.
  • Correção da mordida:
    Em alguns casos, problemas na mordida podem contribuir para a retração gengival. Corrigir a mordida pode ajudar a reduzir a pressão nas gengivas.
  • Coroas ou facetas dentárias:
    Em situações em que a retração está associada à exposição de dentes desgastados, coroas ou facetas de resina podem ser recomendadas para proteger os dentes e melhorar a estética.
  • Orientação sobre cuidados domiciliares:
    O dentista pode fornecer orientações sobre práticas de higiene bucal em casa e mudanças nos hábitos que ajudarão a prevenir a progressão da retração gengival.

É importante ressaltar que o tratamento específico dependerá da causa subjacente da retração gengival em cada paciente. O dentista realizará uma avaliação detalhada e recomendará o plano de tratamento mais adequado para a situação individual. O acompanhamento regular com o dentista é essencial para monitorar a saúde bucal e intervir precocemente, se necessário.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a sua saúde bucal e prevenir doenças.

Além disso, por meio das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista tenha acesso aos procedimentos odontológicos já realizados e a possíveis tratamentos para garantir a sua saúde bucal.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *