paciente observando seu raio X panorâmico

Raio X panorâmico: veja para que serve e como é feito!

O raio X panorâmico é um exame de imagem responsável por exibir todas as estruturas ósseas das arcadas dentárias do paciente.

Sendo assim, para saber mais a seu respeito, continue acompanhando o artigo abaixo:

O que é raio X panorâmico?

O raio X panorâmico, que também pode ser chamado de radiografia panorâmica ou ortopantomografia, consiste em um exame de imagem que mostra todas as estruturas ósseas da boca, como dentes, incluindo os que não nasceram, e os ossos do maxilar e mandíbula.

É possível encontrar o exame de forma convencional e digital, sendo que a convencional consiste em uma impressão que geralmente é feita em um papel para facilitar a interpretação do profissional e a digital é a que fica disponível para visualização do profissional digitalmente, sem a necessidade de imprimi-la.

Sendo assim, a partir deste exame o profissional consegue ter uma imagem completa do posicionamento de todos os dentes e também avaliar os ossos do maxilar e mandíbula.

Dessa forma, através da realização deste exame é possível identificar problemas relacionados a essas estruturas e planejar seu tratamento.

Além disso, ele também é um procedimento completamente indolor que pode ser realizado por pacientes desde os mais novos até os mais velhos.

dentista utilizando o raio X panorâmico para apontar um problema com o dente siso da paciente

Para que serve o raio X panorâmico?

O raio X panorâmico consiste em um exame que oferece ao profissional a possibilidade de avaliar a estrutura óssea bucal do paciente de forma mais geral, ou seja, a partir dela é possível visualizar as arcadas dentárias como um todo para facilitar a identificação de complicações.

Sendo assim, o raio X panorâmico serve para:

  • Verificar a quantidade de dentes na boca, incluindo os que já e os que ainda não nasceram e que estão inclusos, além de também permitir a identificação de dentes ausentes;
  • Avaliar o contorno mandibular e sua densidade óssea;
  • Avaliar o dano provocado pela doença periodontal;
  • Observar o tamanho e formato das estruturas ósseas da ATM;
  • Identificar perdas ósseas;
  • Observar possíveis alterações nos seios maxilares;
  • Identificar possíveis alterações no tamanho e formato das raízes dos dentes;
  • Identificar complicações na saúde dos dentes, como cáries e abscessos dentários;
  • Avaliar o posicionamento dos sisos para sua extração;
  • Identificar e avaliar danos provocados por fraturas dentárias ou dos ossos alveolares;
  • Identificar cistos e tumores nos maxilares;
  • Avaliar o desenvolvimento da arcada dentária infantil.

Logo, o raio X panorâmico consegue proporcionar ao profissional a possibilidade de oferecer o tratamento mais adequado para cada paciente.

paciente realizando um raio X panorâmico

Como é feito o raio X panorâmico?

A radiografia panorâmica é um exame de imagem que mostra as estruturas ósseas de uma extremidade da arcada dentária até a outra.

Sua realização é com o uso de uma máquina que gira em torno da cabeça do paciente capturando imagens de toda sua arcada dentária.

A realização deste exame é feita da seguinte forma:

  1. Retira-se todos os objetos metálicos, como colares, brincos e piercing na boca. Os aparelhos fixos não necessitam ser removidos, visto que são fixos nos dentes;
  2. O paciente veste um colete de chumbo para protegê-lo das radiações emitidas pela máquina de raio X;
  3. Insere-se um afastador de lábios na boca do paciente, que é uma peça de plástico utilizada para afastar os lábios dos dentes;
  4. Coloca-se o rosto no local indicado pelo profissional;
  5. O profissional liga a máquina de raio X e espera-se concluir a captura das imagens.

Durante o procedimento é importante que o paciente mantenha-se imóvel para garantir que todas as imagens sejam feitas com alta qualidade.

Assim que a máquina termina de registrar as imagens, o profissional irá avaliar a qualidade e verificar se é necessário realizar o procedimento novamente.

Após a conclusão do procedimento, as imagens já ficam disponíveis para o profissional acessá-las digitalmente ou imprimi-las.

O procedimento leva ao todo cerca de 5 minutos para ficar pronto, podendo variar a duração em alguns casos, especialmente quando é necessário repetir o procedimento.

Qual a importância de realizar o raio X panorâmico?

O raio x panorâmico dos dentes é um exame responsável por fornecer ao profissional uma imagem completa de toda a estrutura óssea da arcada dentária do paciente.

Sendo assim, esse exame pode ser utilizado para auxiliar na identificação de diversos problemas que podem surgir na arcada dentária do paciente que não seriam possíveis de identificar a olho nu.

Para saber mais a respeito de sua importância confira quais são os principais fatos que fazem com que seja importante realizar este procedimento:

  • Possibilita visualizar os dentes do siso inclusos, por garantir que o profissional possa planejar a extração de siso e identificar possíveis problemas que podem surgir por conta de seu posicionamento;
  • Previne cáries, visto que existem algumas cáries que são difíceis de se identificar a olho nu, como a cárie interproximal, logo, o raio X panorâmico permite a identificação dos processos cariosos logo em seu início, prevenindo que eles se desenvolvam e provoquem danos severos aos dentes;
  • Ajuda na precisão do diagnóstico, tendo em vista que a ortopantomografia contribui para que o profissional consiga avaliar toda a estrutura óssea da arcada dentária do paciente;
  • Contribui para a construção da documentação ortodôntica, pois além de contribuir para o diagnóstico imediato de condições, este exame também pode ser utilizado para futuras comparações ou para que o profissional possa identificar o que foi feito nos tratamentos ortodônticos prévios;
  • Definir o aparelho ortodôntico mais adequado para o caso, graças ao fato de que o exame consegue representar toda a estrutura óssea da arcada dentária do paciente, incluindo os dentes. Sendo assim, através da análise do exame feita por um profissional garante que ele possa identificar os principais problemas do paciente e indicar o aparelho correto para corrigi-los.

Contraindicações do exame de raio X panorâmico odontológico

Este é um exame muito seguro, no entanto, existem alguns casos em que sua realização pode apresentar riscos à saúde do paciente.

Sendo assim, nos casos onde a paciente está grávida, ela deve informar ao profissional, pois a exposição em excesso a radiação pode prejudicar a gravidez.

Além disso, pacientes que possuem placas de metal no crânio também devem informar ao profissional a respeito delas.

Visitas regulares ao dentista

Através das visitas regulares o dentista consegue identificar problemas e solicitar um raio X panorâmico para avaliar melhor o problema.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

Portanto, a visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *