Zoom em mão segurando dentadura

Quanto custa uma dentadura: saiba o preço e o que influencia

A pergunta “quanto custa uma dentadura?” reflete uma das principais preocupações de quem precisa substituir dentes perdidos. 

A dentadura é uma solução prática e acessível para substituir dentes perdidos, proporcionando melhorias significativas na qualidade de vida dos pacientes. 

Saiba aqui como funciona o tratamento por dentadura e quanto é o investimento:

O que é Dentadura?

Uma dentadura, também conhecida como prótese dentária removível, é um dispositivo protético utilizado para substituir dentes perdidos. 

É feita sob medida para cada paciente e pode ser removida e recolocada na boca conforme necessário. As dentaduras são uma solução comum e eficaz para pessoas que perderam alguns ou todos os dentes devido a cáries, doenças gengivais, traumas ou outras condições de saúde bucal.

Com os cuidados adequados e acompanhamento profissional, uma dentadura pode oferecer conforto, funcionalidade e estética por muitos anos.

Tipos de dentaduras

Existem vários tipos de dentaduras disponíveis para atender às necessidades específicas de cada paciente. 

Os principais tipos incluem dentaduras completas, dentaduras parciais e dentaduras imediatas. Aqui está uma descrição detalhada de cada um desses tipos:

Zoom em dentadura superior removível

1. Dentadura completa (Total)

As dentaduras completas são utilizadas quando todos os dentes de uma arcada (superior ou inferior) estão ausentes. Elas são feitas de acrílico e projetadas para se ajustarem perfeitamente às gengivas.

  • Dentadura Total Superior: substitui todos os dentes da arcada superior. Geralmente possui uma base que cobre o céu da boca (palato) para maior estabilidade.
  • Dentadura Total Inferior: substitui todos os dentes da arcada inferior. A base é em forma de ferradura para acomodar a língua.

2. Dentadura parcial

As dentaduras parciais são usadas quando o paciente ainda possui alguns dentes naturais remanescentes. Elas preenchem os espaços deixados pelos dentes perdidos, evitando que os dentes naturais se desloquem.

  • Dentadura Parcial Removível: consiste em uma estrutura de metal ou acrílico que se fixa aos dentes naturais através de grampos. É fácil de remover para limpeza.
  • Dentadura Parcial Fixa (Prótese Fixa): também conhecida como ponte dentária, é cimentada nos dentes naturais ou implantes dentários adjacentes aos espaços vazios.

3. Dentadura imediata

As dentaduras imediatas são colocadas imediatamente após a extração dos dentes. Isso permite que o paciente tenha dentes enquanto as gengivas cicatrizam.

  • Vantagens: o paciente não precisa ficar sem dentes durante o período de cicatrização.
  • Ajustes necessários: à medida que as gengivas cicatrizam e se modificam, a dentadura imediata pode precisar de ajustes frequentes ou até mesmo ser substituída por uma dentadura permanente após a completa cicatrização.

4. Overdenture (sobredentadura)

As sobredentaduras são próteses removíveis que se encaixam sobre um pequeno número de dentes naturais remanescentes ou sobre implantes dentários. Esses dentes ou implantes fornecem suporte e retenção adicional.

  • Overdenture com implantes: oferece maior estabilidade e retenção, melhorando a função mastigatória e o conforto.

5. Dentadura flexível

Feita de um material termoplástico flexível, esta dentadura é mais confortável e esteticamente agradável porque não utiliza grampos metálicos.

  • Vantagens: confortável, esteticamente agradável e hipoalergênica.
  • Desvantagens: pode ser mais cara e menos durável do que as dentaduras tradicionais de acrílico.

Considerações na escolha da dentadura

A escolha do tipo de dentadura depende de vários fatores, incluindo:

  • Estado da saúde bucal: a quantidade de dentes remanescentes e a saúde das gengivas.
  • Conforto e estética: preferências pessoais em relação ao conforto e aparência.
  • Custo: o orçamento disponível para o tratamento.
  • Estilo de vida: necessidades específicas relacionadas ao estilo de vida e às atividades diárias.

Quanto custa uma dentadura?

O custo de uma dentadura pode variar significativamente dependendo de diversos fatores, como o tipo de material utilizado, a complexidade do caso, a localização da clínica odontológica e a experiência do dentista.

Fatores que influenciam o custo de uma dentadura

O custo de uma dentadura pode variar amplamente dependendo de diversos fatores, como o tipo de dentadura, os materiais utilizados, a complexidade do caso e a localização da clínica odontológica. Aqui estão algumas informações detalhadas para ajudar a entender o que influencia o preço e as faixas de valores comuns no Brasil.

  1. Tipo de Dentadura:
    • Dentadura total: substitui todos os dentes de uma arcada (superior ou inferior). Os preços podem variar entre R$ 1.000 e R$ 5.000.
    • Dentadura parcial: substitui alguns dentes faltantes e geralmente é mais barata do que a dentadura total, com preços variando entre R$ 700 e R$ 3.500.
  2. Material utilizado:
    • Acrílico: material mais comum e econômico.
    • Porcelana: material mais estético e durável, porém mais caro.
    • Zircônia: material moderno e muito durável, com custo bastante elevado.
  3. Complexidade do caso:
    • Casos que exigem tratamentos adicionais, como extrações dentárias, enxertos ósseos ou outras cirurgias, podem aumentar o custo total.
  4. Localização da clínica:
    • Clínicas em grandes centros urbanos ou em áreas de alto padrão tendem a cobrar mais pelos seus serviços.
  5. Experiência do dentista:
    • Dentistas com maior experiência e especialização podem cobrar honorários mais elevados.

Faixas de preço comuns

  • Dentadura Total de Acrílico: Entre R$ 1.000 e R$ 3.000 por arcada.
  • Dentadura Total de Porcelana: Entre R$ 2.500 e R$ 5.000 por arcada.
  • Dentadura Parcial Removível de Acrílico: Entre R$ 700 e R$ 2.500.
  • Dentadura Parcial Removível de Metal (com estrutura metálica): Entre R$ 1.500 e R$ 3.500.
  • Overdenture com Implantes: Pode variar entre R$ 4.000 e R$ 15.000 por arcada, dependendo do número de implantes e do material utilizado.

Custos adicionais

Além do custo da dentadura em si, é importante considerar outros possíveis gastos:

Consultas de avaliação e planejamento: exames iniciais e planejamento do tratamento.

Ajustes e manutenção: ajustes periódicos para garantir o conforto e a funcionalidade da dentadura.

Produtos de higiene: Produtos específicos para a limpeza e manutenção da dentadura.

Dicas para economizar

Pesquise e compare: compare preços e avaliações de diferentes clínicas antes de tomar uma decisão.

Planos odontológicos: alguns planos de saúde oferecem cobertura para próteses dentárias, o que pode reduzir significativamente os custos.

Clínicas universitárias: faculdades de odontologia frequentemente oferecem serviços a preços reduzidos, realizados por estudantes supervisionados por professores experientes.

O custo de uma dentadura pode variar bastante, mas é possível encontrar uma opção que se ajuste ao seu orçamento através de pesquisa e planejamento. 

Consulte um dentista para obter uma avaliação precisa e um plano de tratamento personalizado. 

Mãos segurando dentaduras removíveis

Como é feita uma dentadura?

A criação de uma dentadura envolve várias etapas cuidadosamente coordenadas entre o dentista e o laboratório de próteses dentárias. 

Este processo garante que a dentadura se ajuste perfeitamente à boca do paciente, proporcionando conforto, funcionalidade e uma aparência natural. Aqui estão as etapas principais:

1. Consulta inicial

Na consulta inicial, o dentista avalia a saúde bucal do paciente, discute as necessidades e expectativas, e realiza exames preliminares. Se necessário, extrações dentárias ou outros tratamentos são planejados.

2. Moldagem das arcadas dentárias

O dentista faz moldes das arcadas dentárias do paciente usando materiais específicos, como alginato ou silicone. Esses moldes são essenciais para criar um modelo preciso da boca do paciente, garantindo que a dentadura final se ajuste perfeitamente.

3. Registro da mordida

Nesta etapa, o dentista registra a forma como as arcadas dentárias se encontram quando o paciente morde. Isso é fundamental para assegurar que a dentadura permita uma mordida confortável e funcional. Para isso, são utilizados materiais de cera ou outros dispositivos de registro de mordida.

4. Seleção da cor e forma dos dentes

O paciente e o dentista escolhem a cor e a forma dos dentes artificiais que comporão a dentadura. A cor deve harmonizar com a cor natural dos dentes remanescentes e a forma deve ser esteticamente agradável.

5. Prova da dentadura de cera

Uma dentadura provisória feita de cera é criada e ajustada na boca do paciente. Isso permite ao dentista e ao paciente verificar o ajuste, a mordida e a estética antes da fabricação da dentadura definitiva. Ajustes podem ser feitos nesta fase para garantir um resultado perfeito.

6. Fabricação da dentadura final

Uma vez aprovados os ajustes da dentadura de cera, o modelo é enviado ao laboratório de próteses dentárias, onde a dentadura final é confeccionada usando materiais permanentes, como acrílico, porcelana ou zircônia. O processo de fabricação inclui a montagem dos dentes artificiais na base da dentadura e o acabamento detalhado para garantir um ajuste confortável.

7. Ajustes finais

Quando a dentadura final está pronta, o paciente retorna ao dentista para ajustes finais. O dentista verifica o ajuste, a mordida e o conforto da dentadura na boca do paciente. Pequenos ajustes podem ser feitos para garantir que a dentadura não cause desconforto ou irritação.

8. Instruções de uso e cuidados

O dentista fornece ao paciente instruções detalhadas sobre como usar e cuidar da dentadura. Isso inclui orientações sobre como limpar a dentadura, armazená-la corretamente e o que fazer em caso de desconforto ou problemas.

Benefícios da dentadura

Melhora na mastigação: facilita a mastigação e a ingestão de alimentos, melhorando a nutrição e a digestão.

Melhora na fala: ajudam a melhorar a pronúncia e a clareza da fala, que pode ser afetada pela falta de dentes.

Aparência estética: proporcionam um sorriso natural e estético, aumentando a confiança e a autoestima.

Suporte facial: ajudam a manter a estrutura facial, prevenindo a aparência de rosto envelhecido e colapsado.

Cuidados com a dentadura

Higiene diária: escove a dentadura diariamente com uma escova macia e produtos específicos.

Armazenamento: quando não estiver em uso, mantenha a dentadura submersa em água ou em uma solução de limpeza apropriada para evitar deformações.

Consultas regulares: visite o dentista regularmente para ajustes e verificações de saúde bucal.

Lembre-se de que investir em uma dentadura de qualidade pode melhorar significativamente sua qualidade de vida, proporcionando conforto, estética e funcionalidade!

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a sua saúde bucal, prevenir e tratar problemas bucais.

Além disso, por meio das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista tenha acesso aos procedimentos odontológicos já realizados e a possíveis tratamentos para garantir a sua saúde bucal.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *