ilustração de tratamento de canal, quanto custa um canal dentario

Quer saber quanto custa um canal dentário? Veja os valores!

Quando se trata de cuidados dentários, a preocupação com os custos muitas vezes surge como uma das principais considerações. 

O tratamento de canal dentário, é muito comum para resolver problemas de saúde bucal, mas pode levantar questões sobre seu custo e acessibilidade. 

Neste texto, veremos quanto custa um canal dentário, considerando vários fatores que influenciam os valores cobrados pelos profissionais da área odontológica. Se informe!

O que é o procedimento de canal dentário?

ilustração de dente por dentro

O procedimento de canal dentário, também conhecido como tratamento de endodontia, é um procedimento odontológico realizado para tratar problemas dentro do dente, na polpa dentária. 

A polpa é formada por tecido conjuntivo, nervos e vasos sanguíneos. E quando a polpa está infectada ou danificada devido à cárie profunda ou trauma, pode causar muita dor e até mesmo a formação de abscessos.

O tratamento de canal tem várias etapas, e elas são:

  • Diagnóstico;
  • Anestesia;
  • Acesso à polpa;
  • Remoção da polpa;
  • Preenchimento e selamento;
  • Restauração.

Primeiro o dentista realiza um exame clínico e, às vezes, pode ser necessário realizar radiografias para determinar a extensão do dano à polpa dentária.

Antes de iniciar o tratamento, é aplicada anestesia local para garantir que o paciente não sinta dor durante o procedimento.

O dentista faz uma abertura na coroa do dente e assim consegue acessar a polpa dentária. Isso é feito usando materiais odontológicos específicos para desempenhar esse trabalho.

A polpa dentária infectada e danificada é removida de dentro do dente. Após isso, o dentista irá limpar e desinfetar o espaço vazio dentro do dente.

Então, o espaço vazio dentro do dente é preenchido com um material de preenchimento chamado gutapercha. O dente é selado para evitar a entrada de bactérias.

Depois do tratamento de canal, em alguns casos é necessário reconstruir a estrutura externa do dente com uma restauração, como uma coroa dentária, e assim será possível trazer de volta a forma e função adequadas.

O procedimento de canal dentário é muito utilizado para o controle da dor intensa e para preservação do dente, evitando a necessidade de extração.

Mas é importante seguir as orientações do dentista após o procedimento, mantendo os cuidados adequados com a higiene e mantendo as visitas regulares ao consultório odontológico.

Porque é necessário fazer um canal nos dentes? 

Quando falamos sobre saúde bucal, a execução de um tratamento de canal nos dentes muitas vezes é uma solução para resolver problemas específicos que afetam a estrutura interna dos dentes.

Abaixo, você poderá entender em quais casos os dentistas recomendam o canal dentário.

Infecção ou inflamação da polpa

Como vimos, a polpa dentária pode ficar infectada ou inflamada por causa de cárie profunda, trauma dentário, fraturas ou outros problemas bucais. 

E se não for tratada, a infecção pode se espalhar para os tecidos em volta do dente e até mesmo para os ossos da mandíbula, causando muita dor, inchaço e até formação de abscesso.

Dor ou sensibilidade

Quando a polpa dentária está comprometida, é possível que você sinta dor intensa quando mastigar, ingerir líquidos quentes ou frios e até mesmo ao tocar no dente afetado. 

A sensibilidade nos dentes pode afetar diretamente a qualidade de vida do paciente e interferir nas atividades diárias.

Prevenção de extração dentária

O tratamento de canal é muito indicado como uma alternativa à extração dentária. 

Isso porque preservar o dente natural sempre que possível é preferível, já que a perda de dentes pode levar a problemas adicionais, ainda mais quando o paciente não sabe como higienizar a boca após extração de dente.

Preservação da estrutura dentária

Ao remover a polpa infectada ou inflamada e preencher o espaço vazio, o tratamento de canal ajuda a preservar a estrutura do dente. 

Assim é possível que o dente continue desempenhando sua função de mastigação e contribui para a saúde bucal por muito tempo.

Então, o tratamento de canal nos dentes é feito para tratar infecções ou inflamações na polpa dentária, aliviar a dor, o desconforto e preservar a estrutura do dente natural sempre que possível.

É uma solução eficaz para restaurar a saúde bucal e manter seu sorriso mais saudável.

Tipos de canal

dentista fazendo avaliação em paciente

Na odontologia existem alguns tipos de canal, veja agora quais são!

1. Tratamento de canal convencional

Este é o tipo mais comum de tratamento de canal, o que vimos no primeiro tópico. Mas vamos relembrar.

Nele é feita a remoção da polpa dentária infectada e a limpeza do canal radicular e o preenchimento do espaço vazio. 

Depois, o dente é restaurado, e pode ser feita uma coroa dentária, para restaurar sua forma e função.

2. Tratamento de canal em dentes multirradiculares

Alguns de nossos dentes têm mais de uma raiz e, portanto, podem ter canais radiculares adicionais. 

O tratamento de canal em dentes multirradiculares requer a identificação e limpeza de todos os canais presentes no dente. 

Então esse tipo de canal é mais trabalhoso e desafiador do que em dentes com apenas uma raiz e geralmente requer habilidades especializadas por parte do dentista.

3. Tratamento de canal em dentes decíduos (de leite)

O tratamento de canal em dentes decíduos, também conhecidos como dentes de leite, é bem parecido com o tratamento de canal em dentes permanentes. 

Mas, como os dentes de leite caem naturalmente, o tratamento de canal é realizado para preservar o dente até que seja substituído por um dente permanente.

Conseguiu perceber que cada tipo de tratamento de canal é adaptado às necessidades específicas do paciente e à condição do dente? 

Por isso é importante consultar um dentista para determinar o tipo de tratamento de canal mais adequado para o seu caso! Mas afinal, quanto custa um canal dentário? Saiba abaixo!

Quanto custa um canal dentário?

Assim como cada tratamento depende do estado do dente, os custos do tratamento de canal dentário também podem variar dependendo de vários motivos. Então veja os valores aproximados:

  • Dente anterior (incisivo ou canino): de R$500,00 a R$1.500,00, por canal;
  • Dente posterior (pré molar ou molar): R$800,00 a R$2.000,00, por canal.

Então, basicamente se um dente precisar de um tratamento único de canal, os custos podem variar de R$500,00 a R$2.000,00, dependendo de alguns fatores, como:

  • Localização (cidade, estado);
  • Tipo de dente;
  • Complexidade do caso;
  • Experiência do dentista;
  • Clínica onde o procedimento é realizado. 

Por isso é sempre muito importante consultar um dentista endodontista para ter uma avaliação precisa dos custos de seu caso. 

É possível prevenir um canal dentário?

mulher passando fio dental

Sim, é possível prevenir a necessidade de um tratamento de canal dentário adotando práticas adequadas de higiene oral e mantendo uma rotina regular de cuidados dentários. 

Separamos algumas dicas para que você possa prevenir a necessidade de tratamento de canal dentário! Veja agora!

Escovação adequada: escove os dentes pelo menos duas vezes ao dia, de preferência após as refeições, usando uma escova de dentes com cerdas macias e creme dental com flúor. 

Garanta que escovou todas as superfícies dos dentes, incluindo a parte externa, interna e mastigatória.

Uso de fio dental: use fio dental diariamente para remover a placa bacteriana e resto de alimentos que podem se acumular entre os dentes e gengiva. 

O uso regular de fio dental ajuda a prevenir cárie e a manter a saúde dos tecidos gengivais.

Tratamento precoce de cáries: se uma cárie foi vista durante uma consulta odontológica de rotina, busque tratamento o mais rápido possível para evitar que ela se desenvolva em uma infecção mais grave.

Evitar maus hábitos: evite hábitos prejudiciais, como roer unhas, morder objetos duros ou usar os dentes como ferramentas para abrir embalagens, que podem causar danos aos dentes.

E assim aumentar o risco de necessidade de tratamento de canal devido a lesões.

Visitas regulares ao dentista: agende consultas regulares com o dentista para exames de rotina, limpezas profissionais e radiografias dentárias. 

O dentista pode identificar precocemente problemas dentários, como cáries ou infecções, e tratá-los antes que se tornem mais graves.

Seguir estas dicas de prevenção ajudará a manter a saúde bucal e reduzir a probabilidade de necessidade de tratamento de canal dentário.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a sua saúde bucal e prevenir problemas, como o dente inflamado e outros.

Além disso, por meio das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista tenha acesso aos procedimentos odontológicos já realizados e a possíveis tratamentos para garantir a sua saúde bucal.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *