placa dental

Placa dental: o que é, o que causa e como removê-la

A placa dental, também chamada de placa bacteriana, consiste em uma fina película que se forma sobre a superfície dos dentes.

Para saber mais a respeito de como ela é formada, o que causa e o que pode provocar continue acompanhando o artigo abaixo:

O que é placa dental?

A placa dental, ou placa bacteriana, é uma película composta por partículas de alimentos, saliva e bactérias que se forma sobre a superfície dos dentes.

Geralmente ela pode ser transparente ou possuir uma tonalidade amarelada, o que faz com que nem sempre seja possível identificá-la através da observação.

É mais fácil percebê-la durante o período da manhã, visto que o paciente passou aproximadamente 8 horas sem escovar os dentes porque estava dormindo.

É importante remover a placa bacteriana o quanto antes devido ao fato de que ela pode acabar gerando complicações caso não seja removida.

O que causa a placa dental?

A placa dental é uma fina película que se forma sobre os dentes após nos alimentarmos. Isso se deve ao fato de que essas partículas de alimentos contribuem para o acúmulo de bactérias sobre os dentes.

Portanto, toda vez que nos alimentamos, as partículas de alimentos se juntam com as bactérias presentes na boca e a saliva, o que resulta na formação da placa.

Sendo assim, a placa consiste em um biofilme que se forma sobre os dentes toda vez que nos alimentamos.

O que ela pode provocar

O que ela pode provocar?

A placa dental é uma película que se forma toda vez que nos alimentamos, e geralmente ela não tende a causar problemas, visto que é removida rapidamente.

No entanto, quando essa camada não é removida ela pode resultar no surgimento de vários problemas derivados desse acúmulo de bactérias sobre os dentes.

Um dos principais problemas derivados da placa é o tártaro, que consiste no endurecimento da placa que ocorre quando ela não é removida.

Apesar de serem constituídos pelas mesmas substâncias, o tártaro é mais preocupante pelo fato de que ele não pode ser removido através da escovação convencional, somente por meio da raspagem dental.

Ela também pode provocar outros problemas como as inflamações gengivais, como a gengivite, que ocorre por conta dos ácidos liberados por essas bactérias quando elas digerem as partículas de alimentos.

Quando esses ácidos entram em contato com a gengiva do paciente, ele causa a sua irritação, o que pode provocar o surgimento das inflamações gengivais.

Além disso, esses ácidos também são corrosivos à estrutura dos dentes, o que faz com que ela também possa provocar o aparecimento das cáries.

Qual a diferença entre placa e tártaro?

A placa dental e o tártaro consistem em duas complicações diferentes que são formadas pelas mesmas substâncias, que são bactérias, saliva e partículas de alimentos.

Isso se deve ao fato de que a placa bacteriana surge toda vez que nos alimentamos, e o tártaro é uma evolução da placa dental.

Sendo assim, o tártaro consiste no enrijecimento da placa que ocorre quando ela não é removida da superfície dos dentes.

Essa camada rígida chamada de tártaro é muito mais difícil de ser removida, de forma que só é possível removê-la através da raspagem dental.

Como saber que tenho placa?

Assim como foi dito anteriormente, a placa dental se forma sobre os dentes todas as vezes que nos alimentamos.

Logo, sempre que ingerimos algum alimento a placa bacteriana se forma, o que implica que após nos alimentarmos a  placa bacteriana se encontra sobre os dentes.

Além disso, algumas vezes também é possível visualizá-la devido ao fato de que ela pode ser uma camada amarelada ou transparente.

Dessa forma, quando estamos com os dentes muito amarelados geralmente se deve à presença da placa bacteriana na superfície dos dentes.

Como remover placa dental

Como remover placa dental?

Apesar de placa dental se formar facilmente na superfície dos dentes, ela também é facilmente removida.

Para remover a placa bacteriana da superfície basta que o paciente realize a higienização bucal de forma convencional.

Logo, ela pode ser removida a partir da escovação correta dos dentes e do uso adequado do fio dental.

Para complementar a higienização dos dentes o paciente também pode utilizar um enxaguante bucal antibacteriano.

Não menos importante, também é recomendado que o paciente realize as visitas regulares ao dentista que são responsáveis para a manutenção da higiene e saúde bucal.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Uma vez que as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

Logo, a visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *