modelo de mini implante dentário sobre fundo preto

Conheça aqui o que é o mini implante e saiba como funciona

O mini implante vem sendo bastante utilizado nos tratamentos ortodônticos atualmente, mas o que vem a ser esse mini implante?

Confira mais sobre ele em nosso artigo:

O que é mini implante?

Apesar do nome, o mini implante é utilizado durante o tratamento ortodôntico, ou seja, durante o tratamento com o aparelho ortodôntico fixo ou autoligado.

Ele consiste em uma pequena peça confeccionada de titânio que é confeccionada para se fixar na gengiva, usando o osso da maxila como suporte. Geralmente o mini implante possui de 0,4 a 1,3 cm de comprimento e 0,2 cm de diâmetro, 

Portanto, diferentemente dos implantes convencionais que possuem a função de repor os dentes faltosos, o mini implante serve para auxiliar as movimentações ortodônticas.

Como ele é instalado?

Para utilizar o mini implante é necessário que o paciente esteja passando por um tratamento odontológico e utilize o aparelho ortodôntico autoligado ou convencional.

Apesar de seu nome, esse tipo de implante é utilizado de uma maneira completamente diferente dos implantes convencionais, visto que seu objetivo não é repor dentes perdidos.

Portanto, suas instalações são feitas de diferentes maneiras visto que possuem diferentes funções. Sendo assim, para a fixação do mini implante primeiramente o dentista precisa confirmar se há realmente a necessidade de utilizá-lo.

Sua instalação é feita primeiramente a partir da demarcação de onde o mini implante será instalado. Logo a seguir, ele é inserido diretamente no local onde ficará posicionado, visto que ele próprio já possui uma estrutura auto atarraxante.

Desse modo, isso faz com que seu processo de instalação seja bem mais simples e não necessite aguardar a osseointegração.

paciente fazendo tratamento com mini implante dentário

Quando ele é utilizado?

O mini implante é utilizado durante tratamentos ortodônticos, porém não são todos os tratamentos que exigem seu uso.

Sendo assim, ele deve ser utilizado para:

  • Fechar diastemas;
  • Corrigir casos de extrusão e intrusão dentária;
  • Corrigir alguns tipos de complicações na mordida.

Desse modo, o principal uso do mini implante são nos casos onde é necessária uma movimentação ortodôntica que usaria outro dente como suporte.

Sendo assim, ele consegue evitar que os outros dentes sejam utilizados de apoio. Isso garante que o alinhamento dos dentes seja preservado, pois não haverá a necessidade de desalinhar os outros dentes devido aos elásticos.

Qual a função dos mini implantes?

Os mini implantes são utilizados como pontos de fixação para os elásticos ortodônticos, dessa maneira não há a necessidade de utilizar outros dentes como pontos de fixação para esses elásticos.

Isso garante que o dentista não precisa utilizar os outros dentes como método de fixação, o que assegura que não haja nenhum deslocamento indesejável dos dentes.

Desse modo o tratamento acaba sendo mais rápido e menos doloroso para o paciente, visto que não será necessário desalinhar um dente para ajustar outro.

Qual a diferença entre o mini implante e o implante dentário?

O implante dentário é um tipo de dispositivo utilizado na odontologia quando o paciente sofreu perda dentária e deseja repor seus dentes de modo que eles fiquem mais estáveis.

Portanto, seu principal objetivo é servir de suporte para futuras próteses que serão instaladas sobre ele.

Já o mini implante é utilizado para realizar movimentações ortodônticas durante tratamentos ortodônticos. Sendo assim, ele é utilizado principalmente como ponto de apoio para os elásticos ortodônticos.

Desse modo, ele é utilizado principalmente para evitar que haja movimentações dentárias desnecessárias que aconteceriam se os dentes fossem utilizados como ponto de apoio.

A instalação deles também é diferente visto que cada um é instalado em um local diferente e possuem funções distintas.

O implante convencional é instalado na gengiva no local onde anteriormente era ocupado pelos dentes para servir como uma raiz dentária artificial para futuras próteses, de modo a garantir maior estabilidade para elas.

Já o mini implante possui a função de servir como apoio para o elástico ortodôntico nos tratamentos utilizando aparelho ortodôntico, evitando que os dentes sejam utilizados e acabem se movimentando desnecessariamente.

Quais são as vantagens do mini implante?

O mini implante ortodôntico tem como maior vantagem a possibilidade de realizar movimentações ortodônticas com elásticos ortodônticos sem a necessidade de utilizar outros dentes como apoio.

Portanto, com seu uso é possível evitar movimentações dentárias desnecessárias, visto que será possível realizá-las utilizando os mini implantes.

Desse modo, ele consegue tornar o tratamento ortodôntico mais rápido e menos doloroso, visto que não será necessário utilizar os dentes como forma de apoio.

Sendo assim não haverá a necessidade de posicioná-los futuramente além de também o que contribui para a redução do tempo de tratamento, além de também não causar dores desnecessárias por utilizar os próprios dentes como ponto de apoio.

Além disso, seu processo de instalação é extremamente simples e não exige que o paciente aguarde a osseointegração, garantindo que ele possa começar a ser utilizado o mais rápido possível.

paciente exercendo cuidados com mini implante dentário

Cuidados com o mini implante dentário

Apesar de ser um procedimento bem simples, o uso do mini implante exige alguns cuidados para que não surja nenhuma complicação futuramente. Confira:

  • Cuidar bem da higiene bucal;
  • Tomar cuidado para não pressionar o implante;
  • Procurar o profissional quando surgir algum problema.

1. Cuidar bem da higiene bucal

O principal cuidado que devemos ter com o mini implante é cuidar bem tanto da higiene dos dentes quanto da higienização dele.

Esse cuidado é essencial para evitar a proliferação de bactérias que podem causar problemas tanto no mini implante quanto nos próprios dentes.

Sendo assim, é fundamental que o paciente higienize bem os dentes após as refeições dando uma atenção especial ao mini implante.

2. Tomar cuidado para não pressionar o implante

Apesar de se tratar de um procedimento simples que utiliza anestesia local, é importante que o paciente tenha cuidado com a região para evitar feridas e afins.

Portanto, nos primeiros dias após instalá-lo é importante que o paciente tome cuidado na hora de escovar os dentes para evitar ferir a região por exercer muita pressão no local.

Além disso, não é recomendado encostar no mini implante, pois isso pode causar feridas ou resultar em infecções causadas pelas bactérias presentes nas mãos.

3. Procurar o profissional quando surgir algum problema

É importante que o paciente saiba que não é normal nenhum tipo de dor, vermelhidão ou sangramentos ao redor do mini implante.

Sendo assim, caso o paciente perceba algum desses sinais é recomendado procurar o dentista para que ele possa avaliar e realizar a intervenção necessária.

Por que escolher uma clínica de confiança?

Na hora de colocar o seu mini implante é importante escolher uma clínica de confiança e de qualidade para que você possa ter uma boa assistência durante seu tratamento odontológico.

Desse modo, confie na OralDents na hora de iniciar seu tratamento ortodôntico e se instalar o seu mini implante, de maneira a conquistar o sorriso que sempre quis.

Dessa forma você assegura que será atendido por ótimos profissionais que utilizam os melhores equipamentos e também terá assistência completa durante o tratamento.

Afinal, o acompanhamento é extremamente importante para manter a saúde bucal em dia, prevenindo o surgimento de novas complicações. Assim, o paciente também aprende um pouco mais a respeito dos bons hábitos de higiene. 

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *