higiene bucal

Higiene bucal: como é feita e qual a sua importância!

A higiene bucal diz respeito a um conjunto de cuidados que devemos ter com nossa cavidade oral para prevenir o surgimento de complicações.

Para saber mais a respeito dela, de sua importância e as complicações que ela previne continue acompanhando o artigo abaixo:

O que é higiene bucal?

A higiene bucal diz respeito aos cuidados realizados com o intuito de garantir a limpeza da cavidade oral, removendo as partículas de alimentos e bactérias da cavidade oral.

Ela se trata de uma forma de prevenção de várias doenças da cavidade bucal, tendo em vista que ela promove a limpeza da cavidade oral.

Sendo assim, ela se trata de bons hábitos que são realizados para garantir um hálito mais fresco e um sorriso bonito.

Qual a importância da higiene bucal?

Assim como dito anteriormente, a higiene bucal consiste em um conjunto de práticas que é realizado com o objetivo de promover a limpeza da cavidade oral.

Esta limpeza é responsável por prevenir o surgimento de diversas complicações que podem aparecer por conta do acúmulo de placa bacteriana sobre os dentes e da saburra sobre a língua.

Logo, a realização de uma boa higienização bucal garante a manutenção da integridade das estruturas bucais e a partir destes cuidados é possível garantir que as estruturas bucais possam desempenhar seus papéis da forma correta sem dificuldades geradas pelos problemas de saúde bucal.

As boas práticas de higiene bucal também garantem que seja possível manter a boa aparência da cavidade bucal, visto que não haverá nenhuma complicação nos dentes e nem saburra sobre a língua.

Além disso, existem algumas doenças sistêmicas, como a diabetes, que aumentam a probabilidade de surgirem complicações bucais, o que faz com que cuidar da higienização bucal seja ainda mais importante.

Quais problemas a higiene bucal previne

Quais problemas a higiene bucal previne?

Assim como foi dito anteriormente, a higienização bucal corresponde a um conjunto de cuidados que é responsável por remover as bactérias da superfície dos dentes, o que previne o surgimento de algumas complicações.

Para saber mais a respeito, confira as principais complicações que ela pode ajudar a prevenir:

Cárie

A cárie diz respeito a uma complicação caracterizada pelo desgaste das estruturas dentárias e exposição da parte interna dos dentes.

Ela se inicia com o acúmulo da placa bacteriana sobre os dentes do paciente ou do tártaro, que correspondem ao acúmulo de bactérias e partículas de alimentos sobre os dentes.

A destruição do tecido dos dentes ocorre devido ao fato de que as bactérias que se encontram na superfície dos dentes se alimentam das partículas de alimentos que também se encontram sobre os dentes.

Esse processo resulta na produção de um ácido que é corrosivo para os dentes do paciente, o que acaba gerando um processo de destruição dos dentes.

Inicialmente, esta condição provoca apenas o surgimento de alguns pontinhos pretos sobre os dentes e pequenos furinhos em sua estrutura.

No entanto, com o passar do tempo esse desgaste vai progredindo e pode comprometer a polpa do dente, fazendo com que seja necessário realizar um tratamento de canal ou remover o dente.

Desta forma, para se prevenir o surgimento desta condição é importante que o paciente realize a higienização dos dentes após a alimentação para remover a placa bacteriana e assim remover as bactérias que podem provocar esta complicação dos dentes.

Doenças periodontais

As doenças periodontais dizem respeito à inflamação do tecido gengival que surgem por conta da ação de bactérias próximo a gengiva.

Sendo assim, da mesma forma que a cárie, esta complicação também é provocada pelo ácido que é produzido pelas bactérias presentes na cavidade oral ao digerirem as partículas de alimentos sobre os dentes.

Além de ser corrosivo para os dentes, este ácido também é nocivo para as gengivas, fazendo com que a constante exposição delas a este ácido provoque sua inflamação.

Inicialmente esta inflamação recebe o nome de gengivite e é responsável por provocar vermelhidão, sensibilidade e possíveis sangramentos do tecido gengival.

Caso ela não seja tratada da maneira correta, ela pode evoluir para a periodontite, que é uma complicação mais grave caracterizada pela destruição do tecido periodontal.

Sendo assim, sua evolução é responsável por provocar a destruição das gengivas e possivelmente do osso alveolar, afetando assim os tecidos de sustentação dos dentes, provocando seu amolecimento.

Para se prevenir o surgimento desta complicação é importante que o paciente realize a higienização bucal da forma correta, pois ela é capaz de remover a placa bacteriana de cima dos dentes.

Tártaro ou cálculo dental

O tártaro ou cálculo dental corresponde ao enrijecimento da placa bacteriana que se encontra sobre os dentes e não pode ser removido através da escovação convencional.

Quando a placa bacteriana não é removida da superfície dos dentes, ela começa a se acumular e se tornar uma camada rígida.

Esta camada rígida se forma, ela é mais difícil de ser removida, e isto acaba fazendo com que ela se torne um ambiente propício para o desenvolvimento de bactérias, contribuindo para o desenvolvimento de condições como as cáries e as doenças periodontais.

Como fazer a higienização bucal

Como fazer a higienização bucal?

Para realizar a higiene bucal da maneira correta é importante que os pacientes realizem uma boa escovação dos dentes e utilizem o fio dental da maneira correta.

A escovação deve ser realizada utilizando uma escova de tamanho adequado para a boca do paciente e que possua cerdas macias. Além disso, tanto a escovação quando o uso do fio dental deve ser feito utilizando apenas a força adequada, visto que o excesso pode provocar danos à gengiva dos pacientes.

Através da realização correta da higienização bucal é possível remover a placa bacteriana que se encontra sobre a superfície dos dentes e assim prevenir o surgimento de diversas complicações.

Para complementar a higienização realizada de forma caseira, o paciente também deve realizar a profilaxia, que é a limpeza dos dentes efetuada por um profissional.

A limpeza profissional também é realizada junto com o procedimento de raspagem de tártaro, que é um procedimento responsável por remover o tártaro da superfície dos dentes.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Elas também tornam possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *