gengivoplastia valor

Gengivoplastia valor: tudo sobre e quanto custa!

Mesmo que nunca tenha passado por este procedimento, você já deve ter em algum momento ouvido falar sobre a gengivoplastia.

A gengivoplastia é um dos procedimentos mais comuns feitos pelo dentista, e mesmo tendo uma técnica invasiva, é capaz de promover seus benefícios com segurança e em um curto período de tempo.

Conheça a gengivoplastia, como ela funciona, seus objetivos, contraindicações e qual o preço:

Gengivoplastia valor: quanto custa a gengivoplastia?

O custo da gengivoplastia pode variar consideravelmente dependendo de vários fatores, incluindo:

  • Localização geográfica: os preços podem variar de acordo com a região ou país onde o procedimento é realizado.
  • Profissional: a experiência e a qualificação do dentista podem influenciar o preço. Dentistas mais experientes e renomados podem cobrar mais pelo procedimento.
  • Complexidade do caso: se for necessária uma correção significativa ou se múltiplas áreas precisarem ser tratadas, o preço pode ser maior.
  • Tipo de anestesia: algumas gengivoplastias podem ser feitas com anestesia local, enquanto outras podem requerer sedação ou anestesia geral, o que pode afetar o custo.
  • Inclusão de outros procedimentos: às vezes, a gengivoplastia é combinada com outros procedimentos dentários, como uma cirurgia periodontal ou um tratamento estético mais abrangente, o que pode aumentar o custo total.

Devido a todas essas variáveis, é difícil fornecer um valor específico sem informações detalhadas sobre o caso individual. O recomendado é que você consulte um dentista local para uma avaliação precisa do seu caso e um orçamento personalizado.

É sempre importante discutir todas as opções de tratamento e os custos envolvidos antes de prosseguir com qualquer procedimento odontológico.

No entanto, considerando uma média de preço, a gengivoplastia pode custar de R$ 300 (trezentos reais) a cada dente tratado, a R$3.000 (três mil reais), levando em conta que o procedimento envolve um ou mais dentes.

Afinal, o que é Gengivoplastia?

A gengivoplastia é uma cirurgia plástica feita no tecido gengival, e que atua promovendo a alteração do formato do ósseo e da própria gengiva que envolve o dente.

Considerando que os problemas da zona bucal não se limitam apenas a dentição, a gengivoplastia pode ser feita com finalidade estética ou funcional.

O principal motivo da intervenção do dentista pela gengivoplastia é o sorriso gengival, também conhecido como sorriso alto, que costuma ser resultante de fatores genéticos, ou até mesmo do uso de aparelho ortodôntico.

O sorriso gengival, como o próprio nome já indica, é caracterizado pela presença muito aparente da gengiva ao sorrir.

Por meio da gengivoplastia, é possível corrigir problemas causados por anomalias da estrutura da gengiva, devolvendo assim o alinhamento, e a harmonia do sorriso com o rosto.

Para que serve a gengivoplastia?

Como dito, a gengivoplastia pode ser feita para suprir tanto necessidades estéticas quanto aquelas voltadas mais para a saúde e qualidade de vida do paciente, sendo importante ressaltar que as gengivas desempenham um papel importante para a zona bucal e suas funções.

Afinal, é a gengiva a estrutura responsável pela fixação dos dentes ao maxilar e mandíbula, e dessa forma, permitindo que possamos mastigar, morder e até mesmo falar.

Entre as principais indicações da gengivoplastia estão:

  • Sorriso gengival – presença marcante da gengiva no sorriso;
  • Retração gengival – quando a raiz do dente fica exposta por razões, como o ranger de dentes (bruxismo), e gengiva muito fina;
  • Gengivas desalinhadas;
  • Dentes desalinhados;
  • Hiperplasia (gengivas grandes) – aumento do número de células do tecido gengival;
  • Sequelas da periodontite (estado de infecção gengival avançado);
  • Problemas com implantes dentários;
  • Etc.

A gengivoplastia, mesmo não sendo um procedimento considerado complexo, também possui as suas contraindicações, tal como presença de cáries, de processos inflamatórios ou infecciosos na gengiva (gengivite ou periodontite).

Contudo, o dentista deve encaminhar o paciente primeiramente ao tratamento desses problemas, para depois a gengivoplastia ser feita sem problemas.

gengivoplastia preço

Como funciona a gengivoplastia?

A realização da gengivoplastia é feita com o paciente sob o efeito de anestesia. Após o uso da anestesia, o cirurgião dentista irá fazer os cortes necessários na gengiva, respeitando a posição que elas devem permanecer para um resultado satisfatório.

Assim sendo, é feito o deslocamento e o rebatimento das porções de gengiva que foram recém cortadas, permitindo que haja o livre acesso para que o dentista faça a modificação do contorno do osso presente ao redor do dente.

Vale levar em conta que o recorte do osso não é feito, uma vez que o tecido da gengiva tende a “crescer” normalmente. Por conta do uso do anestésico, o procedimento não dói e depois do término da remoção óssea, são feitas suturas na gengiva, com pontos feitos em locais estratégicos.

Em casos de retração grave, a gengivoplastia pode ser seguida da realização do enxerto gengival, no qual é feita a remoção de gengiva de outro local da boca para que seja feita a recolocação dessa porção em locais mais aparentes no sorriso.

Geralmente, a gengivoplastia é um procedimento rápido e pode ser concluída em uma única sessão no consultório odontológico. Em média, leva cerca de 30 minutos a 1 hora para ser concluída, mas isso pode variar dependendo do caso específico.

Gengivoplastia antes e depois

Antes do paciente ser submetido a realização da gengivoplastia, para que tudo ocorra em segurança, o cirurgião-dentista irá encaminhá-lo à realização de exames, como o exame clínico da saúde gengival, exame periodontal da profundidade das gengivas, exame de sangue simples, tomografia computadorizada e certos exames de imagem.

Após a realização da gengivoplastia, o dentista irá passar algumas orientações ao paciente para que os benefícios sejam alcançados sem problema.

É indicado que o paciente fique em repouso absoluto de um a dois dias após a realização da cirurgia. O período de recuperação da gengivoplastia é tranquilo, e pelo uso correto de analgésicos passados pelo dentista, o paciente consegue se ver livre de qualquer desconforto.

É normal que nos primeiros 3 dias, a gengiva apresenta uma aparência inchada e avermelhada, e após esses dias, a área operada já começa a desinchar e voltar a sua coloração normal.

A maioria dos pacientes pode retornar normalmente às suas atividades de trabalho e estudos a partir do terceiro dia de cirurgia, uma vez que tenha autorização do dentista responsável pela cirurgia.

valor gengivoplastia

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

Uma visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *