gengiva vermelha

Gengiva vermelha: confira as principais causas e como tratar

A gengiva vermelha é um sinal de que pode haver algo de errado com sua gengiva, desse modo, ao perceber que ela está vermelha é recomendado procurar um profissional da área da saúde bucal para avaliá-la.

Sendo assim, confira em nosso artigo quais são as principais complicações que deixam a gengiva vermelha:

O que pode ser a gengiva vermelha?

Assim como dito anteriormente, a gengiva vermelha é um sintoma que pode estar associado a diversos problemas de saúde bucais.

No entanto, existem alguns problemas que afetam as gengivas que são mais comuns, como a gengivite e a periodontite.

Ambas as complicações afetam as gengivas do paciente e no caso da periodontite, pode chegar a causar a perda dentária.

A gengivite é uma inflamação do tecido gengival que pode comprometer a área ao redor de um ou mais dentes. Dentre seus sintomas, é possível citar:

  • Gengiva vermelha e inchada;
  • Sangramento gengival;
  • Halitose;
  • Gosto ruim na boca;
  • Retração gengival.

Caso ela não seja tratada da maneira adequada, a gengivite pode evoluir para um caso de periodontite.

A periodontite corresponde ao desenvolvimento dessa inflamação gengival e geralmente tende a causar:

  • Formação de bolsas periodontais;
  • Comprometimento da gengiva e dos ossos de sustentação dos dentes;
  • Retração gengival;
  • Gengiva vermelha;
  • Amolecimento dos dentes;
  • Perda dentária.

As doenças periodontais podem causar vários problemas assim como foi citado acima, no entanto, seu avanço também pode gerar complicações ainda mais severas.

Isso se deve ao fato de que o avanço desse problemas pode fazer com que as bactérias atinjam a corrente sanguínea, gerando um caso de bacteremia.

Essas bactérias na corrente sanguínea podem acabar parando em vários locais do corpo, fazendo com que seja um problema que vai muito além da saúde bucal.

Nós também podemos ficar com a gengiva vermelha por conta de traumas, ou seja, ao sofrermos alguns impactos na região da gengiva.

Além de deixar a gengiva vermelha, os traumas nessa região também podem causar inchaço, sangramento e em alguns casos até mesmo causar a perda dentária.

Quais as causas das doenças periodontais?

As doenças periodontais, como a gengivite e a periodontite, geralmente possuem como motivo de seu surgimento a má higienização dos dentes. Isso se deve ao fato de que o mau cuidado com a limpeza dos dentes provoca o acúmulo de bactérias na superfície dos dentes.

Esse acúmulo provoca a formação de uma fina película sobre os dentes chamada de placa bacteriana. Com o passar do tempo, essa placa se junta com algumas partículas de alimentos e saliva e acaba se transformando em uma camada rígida que fica sobre os dentes.

Essa camada é chamada de tártaro e normalmente ela se forma na região próxima à gengiva. O dente com tártaro, por sua vez, contribui para o desenvolvimento de bactérias sob ele, devido ao fato de ele também agir como uma camada protetora para elas.

As bactérias vão se multiplicando e se desenvolvendo e acabam comprometendo a saúde da gengiva, provocando assim a formação da gengivite.

E caso a gengivite não seja tratada, ela pode progredir para um caso de periodontite e chegar a comprometer tanto a gengiva quanto os ossos alveolares.

Tratamentos para complicações que deixam a gengiva vermelha

Tratamentos para complicações que deixam a gengiva vermelha

O tratamento dessas complicações podem ser feitos através da raspagem de tártaro e da manutenção de uma boa limpeza bucal, dessa forma é possível que o caso de gengivite regrida.

A raspagem de tártaro pode ser dividida em dois tipos, sendo eles:

  • A raspagem subgengival, no qual remove-se o tártaro que se encontra na região sob a gengiva do paciente;
  • E a raspagem dental, que é responsável por remover a camada de tártaro que se encontra na parte visível dos dentes próximo à linha da gengiva.

Nos casos mais complicados de periodontite, também pode-se fazer o uso de medicamentos para o controle das infecções, tais como antibióticos e anti-inflamatórios.

Em alguns casos mais raros pode ser necessária a realização de uma cirurgia periodontal para tratar esses problemas.

Quando se trata de impactos sofridos na região da gengiva, o paciente pode utilizar uma compressa fria sobre a região do acidente.

Isso se deve ao fato de que a compressa fria irá comprimir os vasos sanguíneos, reduzindo assim o fluxo de sangue na região, contribuindo para o alívio do inchaço e da dor.

Como evitar a gengiva vermelha?

A prevenção da gengiva vermelha é feita através da raspagem de tártaro, que é responsável por manter os dentes e gengivas livres dessa complicação.

Mantendo os dentes livres do tártaro já é possível prevenir grande parte dos casos de inflamações gengivais que podem deixar a gengiva vermelha.

Além disso, também é muito importante manter os bons cuidados de higienização com a escovação certa dos dentes e uso correto do fio dental.

Dessa forma é possível manter os dentes e gengivas livres de bactérias que podem comprometer a saúde bucal.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *