frenectomia

Frenectomia: o que é, como é feita e por que é feita

A frenectomia é um tipo de cirurgia que geralmente é realizada em bebês e crianças, e geralmente é feita tanto por um odontopediatra quanto por um dentista especializado em cirurgias menores.

Confira mais a respeito da frenectomia no artigo abaixo:

O que é frenectomia?

Frenectomia é o nome dado a uma cirurgia que consiste em cortar ou remover o freio que pode ser o lingual ou labial.

O freio lingual consiste em uma fina membrana que liga a língua ao assoalho da boca e o labial consiste em uma fina membrana que liga a parte interna dos lábios, tanto superior quanto inferior, à gengiva do paciente.

Sendo assim, essa cirurgia é realizada para remover o freio da língua ou o freio dos lábios do paciente, pois através de sua remoção é possível evitar os malefícios causados pelo freio maior que o ideal.

Quem deve fazer frenectomia?

A frenectomia é um procedimento que geralmente é realizado durante a infância, o que ressalta a importância do ramo da odontopediatria.

Por meio dessa especialidade é possível acompanhar o desenvolvimento da criança e identificar problemas relacionados ao freio lingual e ao freio labial.

Sendo assim, os principais problemas relacionados aos freios são:

  • Mudanças na fala;
  • Presença de diastemas;
  • Dificuldade para engolir e mastigar;
  • Problemas na higienização bucal;
  • Dificuldade para movimentar o lábio ou a língua.

Os problemas relacionados ao freio lingual curto, também chamado de anquiloglossia, geralmente são mais comuns em bebês devido ao fato de essa condição atrapalhar a amamentação.

Dessa forma, é importante realizar o acompanhamento com um odontopediatra ou um pediatra para que ele possa identificar a presença dessa condição e indicar o tratamento.

Já a frenectomia labial geralmente costuma ser identificada a partir dos 2 anos de idade a partir da observação de um freio labial um pouco mais grosso.

Apesar de geralmente ser identificada precocemente, é comum que os profissionais aguardem até a erupção dos caninos permanentes visto que eles podem acabar exercendo a força necessária para corrigir os diastemas entre os dentes derivados do freio labial maior.

Como a cirurgia de frenectomia é realizada

Como a cirurgia de frenectomia é realizada?

A frenectomia pode ser realizada de duas maneiras, sendo elas:

  • Convencional que é realizada utilizando-se um bisturi convencional no qual é realizado um pequeno corte no freio e em seguida realiza-se uma sutura, concluindo-se assim o procedimento;
  • A laser é uma cirurgia que utiliza um bisturi elétrico que funciona de forma semelhante ao convencional, porém ele também contribui para a esterilização e coagulação da região imediatamente.

Dessa forma, ele não exige a necessidade de realizar-se uma sutura, pois o próprio bisturi contribui para a cicatrização do procedimento.

Também é importante lembrar que independente de qual seja o método utilizado, a cirurgia é indolor pois geralmente utiliza uma anestesia local para ser realizada.

Cuidados do pós-operatório

A cirurgia de frenectomia é um procedimento muito simples e não possui um pós-operatório muito complexo, o que permite que o paciente retorne as suas atividades logo após a cirurgia.

No entanto é importante que o paciente tenha alguns cuidados após sua realização, como por exemplo:

  • Evitar alimentos muito duros, dando preferência a alimentos líquidos ou pastosos e de fácil digestão;
  • Cuidar bem da higiene oral, especialmente no local da cirurgia, no entanto é recomendado atentar-se para não exercer força demasiada e acabar comprometendo a cicatrização do procedimento;
  • Tomar os medicamentos prescritos da forma correta, pois eles são responsáveis por evitar dores e algumas complicações;
  • Evitar alimentos muito quentes e ácidos, visto que eles podem irritar a região;
  • Ingerir alimentos frios para contribuir para a cicatrização e alívio da dor.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Por meio delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *