enxerto ósseo

Enxerto ósseo: o que é, como é feito, tipos e cuidados

O enxerto ósseo é um procedimento cirúrgico que tem como objetivo conceder ao paciente o volume ósseo necessário para realizar a instalação do implante dentário.

Confira mais a respeito desse procedimento no artigo abaixo:

O que é enxerto ósseo?

O enxerto ósseo é um tipo de tratamento, que consiste em um procedimento cirúrgico, para aumentar o volume ósseo do paciente. Desse modo, esse procedimento consiste em uma cirurgia que retira tecido ósseo de um determinado local e coloca no local onde será realizado o implante.

Geralmente ele é realizado em casos onde o paciente sofreu algum tipo de perda óssea nos ossos periodontais e precisam de mais volume para instalar um implante dentário.

Quando é necessário realizá-lo?

Assim como dito anteriormente, o enxerto ósseo geralmente é realizado quando o paciente sofreu de alguma perda óssea e deseja repor o volume ósseo para instalar implantes.

Essa perda óssea pode ser resultado de diversos fatores, como por exemplo:

  • Envelhecimento;
  • Osteoporose;
  • Periodontite;
  • Reabsorção óssea.

Logo, o enxerto é realizado nos casos onde houve algum tipo de perda no volume ósseo, independentemente do motivo, e o paciente não possui o volume necessário para instalar um implante dentário.

Como é feito o enxerto ósseo

Como é feito o enxerto ósseo?

O enxerto ósseo é um procedimento cirúrgico, e como tal é realizado sob o efeito de anestesia geralmente local, de forma que em alguns casos pode exigir a anestesia geral.

A cirurgia consiste em uma pequena incisão na gengiva, para expor a região afetada pela perda do volume ósseo.

Logo em seguida, o local é preenchido com o tecido que será enxertado, podendo ser tanto em forma de pó como o osso em si.

Após a fixação do osso é feito uma sutura da gengiva e o próprio organismo realiza a integração entre o osso enxertado e o osso periodontal. Após a integração o osso já se encontra pronto para receber o implante dentário.

Tipos de enxerto ósseo

O enxerto ósseo pode ser feito utilizando tecidos ósseos de diferentes origens e cada um deles possui uma nomenclatura diferente. Confira quais são os principais tipos de enxerto:

  • Enxerto autógeno: quando o tecido ósseo é removido do próprio paciente;
  • Enxerto homógeno: quando o tecido é doado por outro paciente, geralmente do banco de ossos;
  • Enxerto heterógeno: quando o osso a ser enxertado é proveniente de outra espécie, geralmente de origem bovina ou suína;
  • Enxerto sintético: quando o tecido enxertado é produzido artificialmente em laboratório.

Geralmente os tecidos com menor taxa de rejeição são o autógeno e o sintético, seguidos pelo homógeno, sendo o com maior taxa de rejeição o heterógeno

Quais são os cuidados pós-procedimento?

O enxerto ósseo é um procedimento cirúrgico realizado para aumentar o volume ósseo de uma determinada região para a colocação do implante dentário.

No entanto, após a sua realização há um período de osseointegração em que é necessário ter alguns cuidados especiais para garantir o sucesso do procedimento.

Os principais cuidados que devemos ter após esse procedimento são:

Repouso

Após a realização de qualquer procedimento é essencial que o paciente mantenha-se de repouso, em especial nas primeiras 24 horas.

O enxerto ósseo não é uma exceção, portanto é fundamental que o paciente não realize nenhum esforço físico intenso durante o período de osseointegração.

Além disso, também é recomendado que o paciente não fique abaixando a cabeça, se deite com a cabeça mais elevada que o corpo e evite se deitar do lado operado para evitar que aumente a pressão da área operada.

Cuidado com a alimentação

Assim como em diversos procedimentos odontológicos, nos primeiros dias após a cirurgia é recomendado que o paciente opte por alimentos frios e macios.

Isso se deve ao fato de que a temperatura baixa contribui para combater a inflamação, o sangramento e o inchaço do local operado, e os alimentos macios contribuem para evitar feridas na região operada.

Além disso, os alimentos macios e líquidos também são mais fáceis de se ingerir, o que faz com que seja necessário realizar menos movimentos para degluti-los, contribuindo para evitar o inchaço.

Cuidados extras

Além desses cuidados, para garantir uma boa recuperação também é recomendado que o paciente:

  • Evite a exposição solar;
  • Cuide bem da higienização bucal;
  • Evite bochechar;
  • Não consuma bebidas alcoólicas e cigarros;
  • Evite sugar;
  • Realize o acompanhamento com o profissional da maneira correta.

Por que escolher uma clínica de confiança para colocar seu implante dentário?

Na hora de colocar seu implante dentário, é importante que o paciente escolha uma clínica de confiança para instalá-los.

A escolha de uma boa clínica é importante pois é nela que será realizado todo o procedimento de instalação e de acompanhamento.

Portanto, confie na OralDents na hora de colocar seu implante dentário. Com ela você conta com profissionais altamente qualificados, além de contar com ótimos equipamentos para lhe atender da melhor forma.

Logo, a visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *