homem sentindo dor de dente insuportável

Dor de dente insuportável: o que pode ser e como tratá-la?

A dor de dente insuportável é um sintoma que aparece em razão de diversos fatores, mas o principal fator responsável pelo seu surgimento consiste na falta de higiene bucal. Até porque, esse descuido causa vários problemas bucais que geram dor. 

Portanto, confira mais aqui os principais motivos para a manifestação desse incômodo:

O que é dor de dente insuportável?

A dor de dente insuportável é um incômodo que pode surgir em razão de várias causas, mas o principal pilar para seu surgimento é a falta de higiene bucal.

Afinal, esse descuido é responsável por provocar inúmeros problemas bucais, que podem se agravar ainda mais à medida em que não recebem os devidos cuidados. 

Inclusive, esse é um tipo de desconforto no qual não costuma ser possível se livrar facilmente, mesmo com o auxílio do tratamento medicamentoso.

O motivo é que grande parte das vezes indica um problema mais grave, devendo ser avaliada por um dentista experiente e confiável. 

mulher sentindo dor de dente

O que pode ser dor de dente que não passa? 

Quando a dor de dente não passa é sinal de que algo está errado e o paciente deve procurar urgentemente um profissional de odontologia, visando assegurar o bom estado geral de saúde. 

Neste momento, veja o que pode estar provocando a dor de dente insuportável:

  • Cárie;
  • Fraturas;
  • Inflamação ou infecção;
  • Bruxismo;
  • Retração gengival;
  • Falta de higiene bucal. 

1. Cárie 

A cárie é nada mais nada menos do que aqueles pontinhos pretos que costumam afetar a arcada dentária, sendo um resultado da disseminação de bactérias na superfície dentária.

A causa dessa formação consiste na má higiene bucal, que acarreta uma dor de dente insuportável. Dependendo da situação, essa condição também pode causar danos profundos e irreversíveis, devendo ser tratada de forma imediata.

2. Fraturas

As fraturas dentárias costumam ser uma das maiores causas de dor de dente insuportável, podendo ocorrer por diversos fatores, como é o caso de quedas, acidentes, mastigar alimentos duros, tratamentos de canal ou até mesmo o bruxismo e a cárie. A dor é ainda mais difícil de suportar se a causa for muito grave.

3. Inflamação ou infecção 

A inflamação ou infecção é uma condição que pode surgir em razão de fatores como a cárie, as fraturas, o bruxismo, a retração gengival e, claro, a falta de higiene bucal. Um exemplo disso é a pulpite, formada por um processo infeccioso na polpa dentária. 

Grande parte das vezes, o avanço desse malefício acontece de forma silenciosa, e quando o paciente menos espera ele está enfrentando uma dor de dente insuportável. Por isso, é muito importante tratar o problema o quanto antes, visando prevenir danos irreversíveis na boca. 

4. Bruxismo

O bruxismo também é um dos fatores responsáveis pela dor de dente insuportável, sendo de grande incômodo para inúmeras pessoas.

Esse desconforto é caracterizado pelo ato de ranger ou apertar os dentes involuntariamente. É possível que isso aconteça durante o período diurno, chamado de vigília, ou durante o período noturno. 

A partir do momento em que um indivíduo é afetado por essa condição, ele não só sente dores na arcada dentária, como também provoca dores de cabeça, dores gengivas ou dores na mandíbula.

Nessas situações, contar com o auxílio de um dentista experiente e qualificado é fundamental. 

5. Retração gengival 

A retração gengival é um problema que acomete a região bucal e pode prejudicar severamente a aparência do sorriso dos pacientes, levando em consideração que deixa a raiz dos dentes exposta, como se os dentes estivessem maiores. 

Dessa forma, a pessoa também começa a enfrentar uma dor de dente insuportável, portanto, o incômodo não se instala somente na parte estética.

Na maioria das situações, o dentista pode indicar uma intervenção cirúrgica para cobrir a região que está exposta, proporcionando mais conforto e aumentando a autoconfiança. 

6. Falta de higiene bucal 

De modo geral, a falta de higiene bucal costuma ser a principal causa para a maioria dos problemas citados acima e consequentemente da dor de dente insuportável.

Quando um indivíduo não limpa os dentes corretamente, escovando regularmente e utilizando fio dental, acaba se tornando mais suscetível ao surgimento de diversos malefícios, assim como você pôde perceber. 

Esse descuido é capaz de causar tanto problemas “simples” quanto problemas “graves”, mas de qualquer forma é necessário buscar a ajuda de um profissional de odontologia que seja capacitado para solucionar esse problema bucal.

Até porque, o negligenciamento da higienização também consegue agravar condições que já existem.

dentista avaliando paciente que está sentindo dor de dente insuportável

Dor de dente insuportável, o que fazer? 

Saber o que é bom para dor de dente insuportável é crucial para aliviar o incômodo, promovendo mais conforto e bem-estar durante o dia-dia.

Na maior parte das vezes, os profissionais de odontologia costumam indicar o tratamento medicamentoso como melhor opção, já que proporcionam melhorias mais rápidas.

Existem, ainda, a possibilidade de optar por medidas caseiras, como é o caso da aplicação da compressa gelada sobre a região afetada.

Lembrando que, isso não substitui o tratamento prescrito por um dentista, somente é capaz de trazer um alívio momentâneo. 

Por essa razão, a melhor alternativa a ser seguida é contar com ajuda profissional. Somente um especialista responsável e qualificado é capaz de avaliar quais são os fatores responsáveis pelo problema, podendo encontrar também outras condições que possivelmente afetam a saúde bucal.

Após receber o diagnóstico da causa da dor de dente insuportável, é crucial que o paciente mantenha as visitas regulares ao dentista, a fim de prevenir o surgimento de outras complicações ainda piores.

Esse cuidado é ainda mais importante quando a dor costuma sumir e voltar sem razão aparente, visto que isso pode ser um indicativo da existência de problemas mais graves. 

Por fim, vale lembrar que a automedicação não é recomendada, portanto, antes de administrar remédios sem prescrição médica, consulte um profissional para assegurar as boas condições de saúde, tanto bucal quanto de forma geral.  

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares fazem com que o paciente tenha mais oportunidade de garantir uma boa qualidade para a saúde bucal através do acompanhamento correto com um profissional de odontologia. 

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, no qual o dentista obtém uma maior proximidade com o paciente, já que conhece quais foram os procedimentos realizados por ele. 

Dessa forma, é possível fazer com que os resultados do tratamento sejam mais eficientes, além de promover um tratamento mais rápido e satisfatório. 

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde bucal. Ou seja, isso permite que a pessoa também aprenda a prevenir a manifestação de malefícios nos dentes.

Elas tornam possível realizar tratamentos de rotina, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses, de acordo com a periodicidade indicada pelo profissional de odontologia.

A profilaxia também permite a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana, o que garante uma arcada dentária mais limpa e um sorriso mais bonito.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de um estilo de limpeza mais eficaz, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados adotados no dia dia.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

 

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *