com quantos anos cai o primeiro dente de leite

Com quantos anos cai o primeiro dente? Confira quando é aqui

Os dentes decíduos correspondem aos primeiros dentes que possuímos ao decorrer da vida e são diferenciados por serem menores e mais brancos que os permanentes.

Confira no artigo abaixo com quantos anos cai o primeiro dente e muito mais:

O que são dentes decíduos?

Os dentes decíduos, também conhecidos como dentes de leite, dizem respeito à primeira dentição que possuímos durante a vida.

Eles geralmente são mais brancos e menores que os dentes permanentes, o que se deve ao fato de possuírem uma camada de esmalte dentário mais fina que os dentes permanentes.

Além disso, eles também possuem raízes menores que os dentes permanentes devido ao fato de que futuramente serão substituídos.

Durante a infância, nós possuímos 20 dentes decíduos, que consistem em 8 incisivos, 4 caninos e 8 pré-molares, que futuramente serão substituídos pelos dentes permanentes.

Esta arcada é extremamente importante para que os dentes permanentes possam nascer no local determinado, prevenindo assim o surgimento de complicações derivadas do mal posicionamento da arcada.

bebê com os dentes nascendo

Com quantos meses nascem os dentes?

Assim como sabemos, os dentes de leite possuem uma ordem específica na qual eles nascem, assim como um tempo médio no qual geralmente surgem.

Sendo assim, confira qual é a sequência de nascimento de nascimento dos dentes:

  1. Incisivos centrais inferiores (entre os 6 e 10 meses);
  2. Incisivos centrais superiores (entre os 8 e 12 meses);
  3. Incisivos laterais superiores (entre os 9 e 13 meses);
  4. Incisivos laterais inferiores (entre os 10 e 16 meses);
  5. Primeiros molares superiores e inferiores (entre os 13 e 19 meses);
  6. Caninos (entre os 16 e 22 meses);
  7. Segundos molares superiores e inferiores (entre os 25 e 33 meses).

É importante lembrar que cada criança possui um tempo próprio de erupção dos dentes, no entanto, caso os dentes passem muito da idade média de nascimento é recomendado procurar ajuda de um profissional para avaliar se há algum problema relacionado.

Com quantos anos cai o primeiro dente de leite?

Os dentes de leite começam a cair próximo à época em que os dentes permanentes começam a nascer, o que ocorre devido ao fato de eles cederem espaço para os permanentes.

É possível que os dentes de leite caiam antes da hora certa, o que pode ocorrer por conta de traumas ou seu comprometimento por cáries.

Sendo assim, geralmente o primeiro dente de leite cai de maneira natural por volta dos 6 anos de idade, que é o período em que os dentes permanentes começam a nascer.

Como arrancar dente de leite?

Assim como foi visto anteriormente, os dentes de leite tendem a cair naturalmente com o tempo, tendo em vista que os dentes permanentes precisam nascer e ocupar seu devido lugar.

Desse modo, ao se aproximar da época em que os dentes permanentes vão nascer, os dentes de leite começam a ter sua raiz reabsorvida.

Isto resulta num amolecimento dos dentes, o que geralmente ocorre gradativamente até o momento em que ele se desprende por completo.

Desta forma, apesar de seu amolecimento ocorrer de forma natural, o paciente pode contribuir para facilitar a sua queda através da movimentação do dente que pode ser feita com a língua.

Próximo à época de tirar o dente de leite, os pais ou responsáveis podem utilizar uma gaze limpa para movimentá-lo até que se desprenda completamente da gengiva.

No entanto, é importante lembrar que os dentes possuem uma época específica em que eles vão cair, logo, os pais não devem forçar de forma alguma sua queda.

A queda não deve ser forçada de forma precoce devido ao fato de que ela pode acabar comprometendo o nascimento dos dentes permanentes, visto que eles agem como um guia para os dentes permanentes.

O que fazer se o dente de leite não cair?

Assim como sabemos, os dentes de leite possuem um período aproximado onde eles tendem a cair para o nascimento dos permanentes.

No entanto, caso ocorra a retenção prolongada dos dentes de leite, ou seja, caso eles não caiam no período esperado, é importante procurar ajuda de um profissional.

Desta forma ele será capaz de avaliar quais as causas da retenção prolongada e também poderá intervir, fazendo uma extração do dente para prevenir complicações.

criança no dentista para avaliar se não há nenhuma complicação nos seus primeiros dentes

Quais são as complicações que podem afetar o dente de leite e o que fazer?

Existem algumas complicações que podem surgir nos dentes decíduos onde é necessário procurar atendimento e em alguns casos até mesmo realizar a extração dos dentes.

Dentre os problemas que podem ocorrer, podemos citar:

Fraturas

Quando ocorre uma fratura onde o dente perde um pedaço, é possível guardar o pedaço quebrado para que o profissional possa colá-lo no dente novamente para promover uma melhor aparência para o sorriso da criança.

Caso a fratura ocorra de forma que há a quebra de apenas uma lasca do dente não é necessário realizar nenhum tratamento específico.

Já nos casos onde há um grande comprometimento da estrutura, geralmente é necessário ir a um profissional para que ele possa fazer a extração do dente comprometido.

Entortamento dos dentes

Em alguns casos, pode acontecer de o dente ficar torto e quando isto acontece é importante recorrer a um profissional para que ele possa avaliar o motivo e iniciar um tratamento para esta condição.

Intrusão do dente

Também conhecido como dente impactado, esta condição se refere a quando o dente do paciente entra para dentro da gengiva.

Nestes casos é extremamente importante procurar um profissional para fazer uma avaliação da condição, que geralmente é feita através de um raio X de dente para avaliar se as estruturas dos dentes foram afetadas.

O tratamento pode variar de acordo com o grau de intrusão do dente, de forma que em alguns casos possa ser necessário realizar sua extração.

Queda precoce

Em alguns casos o dente pode cair antes da hora devida, e quando isto ocorre é necessário procurar um profissional para realizar um exame de raio X panorâmico e verificar se não há nenhuma complicação afetando o germe do dente permanente.

Caso fique uma lesão grande no interior da boca do paciente, o profissional pode suturar o local para contribuir para sua cicatrização.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares ao dentista garantem que o paciente possa realizar o acompanhamento da prótese dentária, de modo que o dentista também possa realizar quaisquer ajustes que sejam necessários.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Através delas também é possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

Visite uma clínica odontológica OralDents para um sorriso mais bonito e ganhar uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *