Dentista realizando tratamento de canal em paciente dentro de consultório odontológico

Canal no dente antes e depois: saiba os principais cuidados!

O canal no dente é um dos principais tratamentos feitos no consultório odontológico.

Saiba tudo sobre o canal no dente e quais são os principais cuidados necessários:

Canal do dente, o que é?

O tratamento de canal dentário, ou tratamento de canal, é um dos procedimentos odontológicos que mais são realizados pelo dentista.

Isso se deve ao fato de ser aquele responsável por tratar um dos problemas mais comuns que afetam a zona bucal, a cárie.

A cárie é a deterioração do dente causada pelo acúmulo de placa bacteriana no dente e proliferação de bactérias.

O tratamento de canal vem antes da extração do dente, e visa remover o tecido cariado e recuperar a estrutura do dente, sua estética e a funcionalidade da zona bucal.

O canal dentário se baseia na remoção da polpa do dente (tecido da região interna da raiz) em casos em que a cárie tenha danificado o tecido.

Em meio ao processo, o dentista irá realizar a limpeza da região afetada, tirando o tecido comprometido e preparando a região para que haja o preenchimento com material restaurador (resina, porcelana, ouro, etc), recuperando a aparência do dente.

A cárie além de prejudicar a autoestima, é capaz de também prejudicar na qualidade de vida, fazendo com que esse processo de reabilitação da dentição deva ser feito o quanto antes.

Canal no dente antes e depois, quais são os cuidados?

Assim como qualquer tratamento invasivo, antes do procedimento, o dentista irá passar as orientações indicadas para antes e depois do procedimento.

Antes do procedimento, o dentista poderá retirar ou requerer que o dentista passe por uma série de raios-X do dente a ser tratado, fazendo com que seja possível a visualização de todo o dano.

O tratamento, na maioria das vezes, é feito com o paciente sob anestesia local, que além de adormecer o dente comprometido, também faz o mesmo no tecido gengival ao seu redor por meio de aplicações estratégicas tomadas pelo dentista.

Há casos em que o dente acaba “morrendo”, não sentindo mais estímulos, fazendo com que não seja mais necessário fazer o uso de anestésico no local.

Após o procedimento, podemos citar cuidados importantes a serem tomados e que possuem como objetivo manter a integridade do dente tratado, fazer com que o paciente não sinta qualquer tipo de desconforto e consiga passar o mais rápido possível pelo período de recuperação. São eles:

  • Evite alimentos duros: não mastigue alimentos duros sobre o dente tratado nas primeiras semanas depois do tratamento. Além do dente se encontrar sensível, se evita fraturas e a exposição de restaurações provisórias, caso utilizadas.
  • Preze por sua higiene bucal: se sua situação chegou até aqui, muito provavelmente você não se atentou quanto a esse ponto. Logo, é essencial que você passe a adotar bons hábitos de higiene bucal, com escovações feitas de forma suave nos primeiros dias após o tratamento. Use o fio dental sem medo, mas sem exercer muita força.
  • Faça uma medicação correta: o dentista pode fazer a prescrição do uso de analgésicos e anti-inflamatórios depois do tratamento do canal dentário, fazendo com que o paciente não seja acometido por dores e incômodos após sair do consultório.
  • Não hesite em contatar o dentista: em casos em que a dor não passe mesmo com os medicamentos ou de que a restauração tenha sido comprometida, é importante não hesitar em contatar o seu dentista. Casos de lesão também requerem uma nova intervenção profissional. Dessa forma, o dentista poderá também se certificar se há a presença de outro problema.

Zoom em dentista fazendo procedimento de canal dentário em paciente

O tratamento de canal é preventivo?

Se tratando do tratamento de canal, é importante reconhecer que não se trata de um tratamento preventivo, logo, é por meio de uma boa rotina de higiene bucal, de uma alimentação mais saudável e sem excesso de açúcar, e das visitas regulares ao dentista que você evita que novas cáries apareçam.

A escovação deve ser feita de 2 a 3 vezes ao dia, com uma escova de dente de cerdas macias e um creme dental com flúor, e com o acompanhamento da passagem diária do fio dental, que deve ser feita pelo menos 1 vez. Não esqueça de fazer a limpeza da língua.

Caso seja necessário, o dentista poderá indicar um enxaguante bucal para que seja feito o bochecho diário, também feito pelo menos uma vez no dia.

Além de alimentos muito açucarados, também evite uma dieta com alimentos muito grudentos e muito pigmentados, uma vez que também acabam por dificultar a higiene dos dentes, fazendo com que seja mais fácil que resquícios sejam deixados para trás e bactérias voltem a proliferar.

LEIA TAMBÉM: Tratamento de canal preço? Descubra tudo sobre!

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a sua saúde bucal e prevenir problemas, como o dente cariado.

Além disso, por meio das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista tenha acesso aos procedimentos odontológicos já realizados e a possíveis tratamentos para garantir a sua saúde bucal.

O indicado é que as visitas ao consultório odontológico sejam feitas de 6 em 6 meses.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *