paciente realizando um canal dentário

Canal dentário: veja o que é, como é feito e cuidados!

O canal dentário é um procedimento realizado em consultório odontológico onde houve o comprometimento da polpa do dente.

No artigo abaixo você irá conferir maiores informações a respeito deste tratamento, confira:

O que é canal dentário?

O canal dentário, também conhecido como tratamento de canal, é um procedimento da endodontia, que é uma especialidade da odontologia responsável por tratar a parte interna dos dentes do paciente.

Geralmente ele é realizado quando há algum comprometimento da polpa dentária, que é a parte interna do dente, composta por vasos sanguíneos e nervos responsáveis por nutrir o dente.

O procedimento consiste na retirada da polpa dentária comprometida, limpeza da cavidade pulpar e do preenchimento com um material obturador para devolver ao dente seu formato funcional e prevenir futuras complicações.

Para confirmar a necessidade de sua realização deve-se fazer uma avaliação clínica e pode ser necessário a realização de alguns exames de raio X.

profissional avaliando a necessidade de realizar um tratamento de canal

Por que o tratamento de canal dentário é realizado?

O canal dentário geralmente é realizado quando há algum dano ou comprometimento da polpa dentária é necessário realizar um tratamento de canal para evitar que essa complicação se torne mais severa.

Sendo assim, confira quais são os principais fatores que levam à realização desse procedimento:

Cáries

A cárie diz respeito a um processo de corrosão dos dentes que ocorre por conta do acúmulo de bactérias na superfície dos dentes.

Esse acúmulo geralmente acontece por conta da má higienização dos dentes, o que acaba fazendo com que partículas de alimentos fiquem presas sobre a superfície dos dentes e atraiam bactérias.

Quando estas bactérias digerem estas partículas de alimentos sobre os dentes, elas liberam uma espécie de ácido que é corrosivo para os dentes do paciente.

A constante liberação deste ácido resulta num processo erosivo, onde vão surgindo furinhos na superfície dos dentes que crescem com o passar do tempo podendo atingir a polpa do dente.

Quando isto ocorre é necessário realizar um tratamento de canal para remover a polpa comprometida dos dentes.

Dentre os principais sinais da cárie podemos citar:

  • Pontinhos pretos sobre os dentes;
  • Furinhos nos dentes;
  • Dor de dente;
  • Sensibilidade dentária;
  • Mau hálito.

Fraturas dentárias

As fraturas dentárias podem ocorrer por diversos fatores, como bruxismo ou impactos na região da boca, e podem ocorrer de forma superficial ou profunda.

As fraturas superficiais são aquelas onde há uma quebra de um pedaço pequeno do dente que não chega a comprometer nenhuma estrutura dos dentes. Nestes casos o paciente pode realizar apenas uma restauração para devolver o formato funcional dos dentes.

No caso das fraturas mais severas o paciente onde elas atingem a polpa dentária, é necessário realizar um tratamento de canal para remover a polpa comprometida e evitar o surgimento de complicações.

Como é feito um canal dentário?

Para iniciar o tratamento de canal dentário é necessário realizar uma avaliação clínica e alguns exames para confirmar a necessidade de se realizar o tratamento de canal.

O procedimento em si inicia-se com a aplicação de uma anestesia ao redor do dente com o objetivo de tornar o procedimento completamente indolor.

Assim que a anestesia começa a fazer efeito, o profissional desgasta parte do esmalte dentário e da dentina, que são as duas camadas do dente que envolvem a polpa dentária.

Em seguida inicia-se uma limpeza da cavidade pulpar do paciente e do canal radicular do paciente, removendo toda polpa comprometida.

Após a limpeza é feito um preenchimento da cavidade pulpar com um material obturador, que é um procedimento chamado de obturação.

Este preenchimento é responsável por conferir um formato funcional para os dentes, garantindo que o dente possa exercer suas funções naturais.

Sua realização também garante que o paciente deixe de sentir os sintomas incômodos que antes o atrapalhavam, como a dor de dente e a sensibilidade dentária.

Quais são os sintomas de canal dentário inflamado?

O canal dentário é um procedimento realizado para tratar dentes que se encontram com a polpa dentária comprometida, aliviando assim os sintomas provocados por ela.

No entanto, em alguns casos, pode acontecer de o canal dentário inflamar, provocando assim alguns sintomas bastante incômodos. Sendo assim, confira quais são os sintomas de canal dentário inflamado:

  • Dor de dente;
  • Sensibilidade;
  • Inchaço na gengiva ao redor do dente;
  • Febre.

Sendo assim, ao identificar quaisquer um desses sintomas é recomendado procurar um profissional para verificar o que há de errado com o dente.

O diagnóstico do dente inflamado é feito a partir de uma avaliação clínica do dente do paciente, onde o profissional irá avaliar o estado do dente e da gengiva ao entorno, além disso também podem ser solicitadas algumas radiografias para confirmar o diagnóstico.

Através disso o profissional poderá confirmar se trata-se de uma inflamação do canal dentário e iniciar seu tratamento para tratar este problema.

paciente higienizando os dentes após realizar um canal dentário

Cuidados que devemos ter após o canal dentário

Após a realização do canal dentário é recomendado que o paciente adote alguns cuidados para prevenir o surgimento de complicações no canal.

Sendo assim, os principais cuidados que devem ser adotados são:

Cuidar bem da higiene bucal

Após a realização do tratamento de canal é importante que o paciente cuide bem da higienização bucal para prevenir o acúmulo de restos de alimentos e bactérias sobre os dentes, evitando assim infecções.

No entanto, é importante que esta higienização seja feita de forma cuidadosa, pois o uso de força demasiada pode acabar danificando o canal.

Evitar consumir alimentos muito rígidos

O ato de mastigar alimentos mais rígidos sobre o local onde o canal foi realizado, em especial nos primeiros dias após sua realização, pode fazer com que ocorram fraturas na obturação, deixando o dente mais suscetível a infecções.

Portanto, é indicado consumir alimentos mais macios e evitar mastigar do lado onde foi feito o tratamento de canal.

Utilizar os medicamentos corretamente

Após a realização deste procedimento o profissional pode receitar ao paciente alguns medicamentos para que ele possa tomar e aliviar a dor, prevenir infecções e inflamações.

Sendo assim é importante que o paciente tome os medicamentos da forma correta para que ele tenha uma recuperação sem complicações.

Repousar

Após a realização do procedimento é indicado que o paciente evite a realização de esforços mais pesados, especialmente durante a primeira semana, para prevenir o surgimento de complicações como a queda da obturação.

Compareça a visita de retorno

Após realizar o canal dentário é necessário que o paciente realize a visita de retorno, visto que é por meio dela que o profissional irá avaliar o estado do tratamento e verificar se não houve nenhum problema.

LEIA TAMBÉM: Tratamento de canal dói? Descubra aqui e sane as suas dúvidas

Qual a importância de escolher uma clínica de confiança para realizar seu tratamento de canal?

Na hora de realizar seu tratamento de canal é importante que você escolha uma clínica que possua profissionais qualificados e equipamentos de ótima qualidade para que você seja atendido da melhor maneira.

Isso se deve ao fato de que quando o tratamento de canal é mal feito, ele pode trazer diversas complicações para o paciente.

Portanto na hora de escolher uma clínica para realizar o tratamento de canal, confie na OralDents, com ela você conta com bons equipamentos e profissionais qualificados para lhe oferecer o melhor atendimento possível.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *