paciente com apinhamento dental

Apinhamento dental: veja o que é e quais suas classificações

O apinhamento dental consiste no desalinhamento dos dentes que pode provocar tanto prejuízos estéticos quanto favorecer o surgimento de complicações.

Para saber mais a seu respeito continue acompanhando o artigo abaixo:

O que é apinhamento dental?

O apinhamento dental, também conhecido como dentes tortos, diz respeito a uma condição caracterizada pelo mau posicionamento dos dentes onde eles não se encontram alinhados.

Esta condição geralmente começa a se manifestar no início do nascimento dos dentes permanentes, por volta dos 6 anos, e se não for tratado pode durar pelo restante da vida do paciente.

Geralmente ele ocorre por conta da falta de espaço na arcada dentária do paciente, o que acaba fazendo com que os dentes tenham que girar ou se inclinar para se acomodarem na arcada dentária.

Este problema causa prejuízos estéticos ao sorriso do paciente, mas o principal problema se encontra no fato de atrapalhar a higienização dos dentes.

paciente mostrando o que causa apinhamento dental

O que causa apinhamento dental?

O apinhamento dental é uma condição que geralmente surge juntamente com o nascimento dos dentes permanentes, o que ocorre por volta de 6 anos de idade.

Geralmente essa condição surge por conta da falta de espaço para o nascimento dos dentes, no entanto, isto pode ocorrer por diferentes fatores, confira os principais motivos que podem levar ao entortamento dos dentes:

  • Hereditariedade, tendo em vista que grande parte dos problemas relacionados ao tamanho ou posicionamento de estruturas faciais são herdados dos pais, ou seja, é possível que os filhos sofram com esta condição caso os pais também a possuam;
  • Hábitos parafuncionais durante a infância, como o uso prolongado da chupeta ou a sucção do polegar, podem levar ao desalinhamento dentário;
  • Dente siso, que são os últimos dentes a nascerem na arcada dentária, irrompe quando os outros dentes já ocuparam seu devido lugar na arcada, o que pode fazer com que ele empurre os demais dentes para abrir espaço para nascer;
  • Mau posicionamento da língua pode acabar influenciando o nascimento dos dentes fazendo que eles nasçam tortos;
  • Perda precoce dos dentes de leite, visto que uma de suas funções é “segurar” o espaço para o nascimento dos dentes permanentes, logo sua perda precoce pode influenciar o posicionamento da dentição permanente;
  • Respiração bucal é um fator que pode provocar diversas complicações, incluindo o entortamento dos dentes.

Como o apinhamento dental é classificado segundo suas causas?

Assim como vimos anteriormente, esta condição pode ser causada por diferentes fatores e é possível dividi-la em 3 classificações de acordo com a causa, sendo elas:

Primário

Diz respeito ao entortamento dos dentes que surge por conta de fatores hereditários, o que se deve ao fato de que o tamanho do maxilar pode ser passado de pais para os filhos.

Desta forma, é importante que os pais levem os filhos a um profissional para que ele possa avaliar a arcada da criança e realizar algum tipo de intervenção caso seja necessário.

Secundário

O apinhamento secundário é o desalinhamento provocado por hábitos parafuncionais, como o uso prolongado de chupetas ou a sucção dos polegares.

Ele também pode surgir por conta da perda precoce dos dentes de leite visto que isto pode fazer com que os dentes permanentes percam seu lugar de nascimento para os dentes adjacentes.

Terciário

É o nome dado ao apinhamento que é provocado pelo nascimento do siso, o que ocorre devido ao fato de que quando ele está para nascer todos os outros dentes do paciente já ocuparam seu devido lugar.

Devido a isso, o siso pode acabar empurrando os demais dentes para abrir espaço para o seu nascimento, provocando assim o desalinhamento dos dentes.

Classificação dos dentes tortos de acordo com seu grau

Além de serem classificados baseados em sua causa, o apinhamento dental também pode ser dividido de acordo com o grau de desalinhamento dentário.

Isto permite que o profissional possa definir qual a melhor forma de tratamento e qual será o tempo de tratamento necessário para corrigir o problema, sendo assim, confira quais são as classificações dos graus de apinhamento:

  • Leve: até 3 mm de desalinhamento;
  • Moderado: de 3 a 5 mm de desalinhamento;
  • Grave: mais de 6 mm de desalinhamento.

Complicações causadas pelo apinhamento?

O apinhamento dentário corresponde ao desalinhamento dos dentes que pode ser provocado por diversos fatores.

Este desalinhamento é responsável por provocar principalmente prejuízos estéticos ao sorriso do paciente, o que ocorre devido ao fato de os dentes ficarem tortos.

Contudo, esta condição não é responsável por provocar apenas déficits estéticos, ela também pode afetar a saúde bucal.

Isto se deve ao fato de que os dentes desalinhados podem atrapalhar a higienização bucal do paciente, o que pode contribuir para o surgimento de complicações de saúde bucal.

paciente utilizando aparelho para corrigir o apinhamento dental

Como tratar os dentes tortos?

O tratamento do apinhamento dental pode variar de acordo com a idade do paciente e em quando será feito o tratamento.

Isto se deve ao fato de que quando o paciente é mais jovem, suas estruturas ósseas permitem alterações mais fáceis, o que permite o uso de aparelhos ortopédicos.

Geralmente seu tratamento é feito através do uso do aparelho ortodôntico, visto que ele pode corrigir o posicionamento dos dentes.

Contudo, nos casos onde o desalinhamento é provocado pelo tamanho pequeno da arcada dentária ela pode ser tratada através do uso de aparelhos ortopédicos, no entanto, este tratamento só pode ser feito enquanto o paciente ainda não possui sua arcada completamente consolidada.

Como prevenir o apinhamento dentário?

Assim como foi visto anteriormente, o apinhamento dentário algumas vezes é provocado por hereditariedade, o que torna difícil prevenir o seu surgimento.

No entanto, quando o paciente faz acompanhamento odontológico desde pequeno é possível fazer a intervenção precoce, tratando a arcada dentária pequena antes que ela provoque problemas.

Além disso, o apinhamento dental também pode ser prevenido através do controle dos hábitos parafuncionais e da extração do siso antes de ele desalinhar os dentes do paciente.

Visitas regulares ao dentista

As visitas regulares garantem ao paciente a oportunidade de realizar consultas odontológicas e oferecem ao profissional a possibilidade de acompanhar a saúde bucal dos pacientes.

Além disso, através das visitas regulares é possível estabelecer um histórico odontológico, o que garante que o dentista possa ter acesso a todos os procedimentos odontológicos que você já realizou.

Por meio delas também é possível identificar e tratar problemas como a cárie e o tártaro antes que se tornem complicações graves.

Isso só é possível por meio do tratamento precoce, que garante que eles não evoluam ameaçando a saúde de toda a boca.

Elas também tornam possível realizar tratamentos rotineiros, como a profilaxia, que é a limpeza profissional dos dentes e deve ser realizada de 6 em 6 meses.

A profilaxia também garante a possibilidade de realizar a raspagem de tártaro e remoção da placa bacteriana.

Logo, as visitas periódicas também tornam possível o aconselhamento a respeito de bons hábitos de higiene bucal, fazendo assim com que o paciente melhore seus cuidados diários.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *