paciente fazendo tratamento com aparelho autoligado

Aparelho autoligado: o que é, diferenças, tipos e cuidados

O aparelho autoligado é um dos tipos de aparelhos ortodônticos existentes na atualidade. Desse forma ele possui diversas aplicações ortodônticas, portanto, ele oferece ao paciente a oportunidade de corrigir problemas no alinhamento dos dentes e de má-oclusão.

Sendo assim, nesse artigo falaremos mais a respeito do aparelho ortodôntico autoligado, bem como suas aplicações. Confira:

O que é aparelho autoligado?

Assim como dito anteriormente, o aparelho autoligado é um modelo de aparelho ortodôntico, e como tal é muito utilizado em tratamentos ortodônticos. Sua estrutura é semelhante a do aparelho ortodôntico convencional, ou seja, ele é composto por braquetes e fio ortodôntico.

Seu grande diferencial é que diferentemente do aparelho convencional, o aparelho autoligado não utiliza as famosas borrachinhas de aparelho.

Isso se deve ao fato de que esse tipo de aparelho possui braquetes que são mais avançados tecnologicamente, portanto eles conseguem exercer a função de prender o fio ortodôntico por ele mesmo.

Sendo assim, o aparelho autoligado não necessita fazer o uso das borrachinhas de aparelho para segurar o fio ortodôntico.

Para que serve o aparelho dental autoligado?

O aparelho dental autoligado é um modelo de aparelho ortodôntico, ou seja, ele exerce as funções do aparelho ortodôntico.

Sendo assim, ele é utilizado principalmente para corrigir:

  • Problemas de desalinhamento;
  • Diastemas;
  • Má-oclusões;
  • Mordidas erradas.

Além disso, é comum que esses problemas causem alguns sintomas nos pacientes, portanto, ao notar qualquer um desses sintomas o paciente pode procurar um dentista para fazer uma avaliação de sua saúde bucal e verificar se a causa desses sintomas está associada a algum dos problemas citados acima.

Sendo assim, os sintomas mais comuns desses problemas são:

  • Dor de cabeça e de dente;
  • Problemas na mastigação;
  • Dificuldade de higienização;
  • Dor e estalos na articulação temporomandibular;
  • Problemas para falar alguns fonemas.

Desse modo, o aparelho ortodôntico pode ser utilizado para corrigir esses sintomas quando eles estão associados a problemas de posicionamento dos dentes.

paciente sorrindo ao utilizar aparelho autoligado

Quais as diferenças entre o aparelho ortodôntico autoligado e o aparelho convencional?

Assim como dito anteriormente, a principal diferença entre os dois modelos se baseia no fato de que o aparelho autoligado não utiliza as borrachinhas de aparelho.

Sendo assim, além das borrachinhas, ele possui as seguintes diferenças:

  • Os braquetes do autoligado são mais avançados, o que garante que eles prendam o fio ortodôntico por si mesmos;
  • O aparelho autoligado possui braquetes menores;
  • O tratamento com ele tende a ser mais rápido;
  • As consultas possuem um intervalo maior de tempo entre elas.

Quanto tempo dura o tratamento com esse aparelho?

Assim como dito anteriormente, o aparelho autoligado é utilizado para corrigir problemas de desalinhamento dentário e má-oclusões dentárias.

Sendo assim, ele é utilizado durante todo o período até que seja concluída a correção desses problemas.

Logo, o aparelho autoligado tende a ser utilizado por um período de 12 a 24 meses, podendo variar para mais ou menos dependendo do caso do paciente.

Além disso, após o término das movimentações ortodônticas efetuadas por esse aparelho, é necessário que o paciente utilize um aparelho de contenção.

O aparelho de contenção é utilizado devido ao fato de os dentes terem uma tendência natural tentarem retornar para seu lugar de origem.

Dessa forma, ele possui a finalidade de manter os dentes em seus devidos lugares após a o término do tratamento ortodôntico.

Geralmente, a aparelho de contenção é utilizado pelo mesmo período de tempo que o aparelho ortodôntico, ou seja, o paciente deve utilizá-la por no mínimo o mesmo tempo que ele passou utilizando o aparelho dentário.

Cuidados que devemos ter com o aparelho

Visando obter um sorriso esteticamente mais agradável e atrativo o paciente deve ter cuidado com sua higiene bucal para que não haja o surgimento de nenhuma complicação como cáries e afins.

Sendo assim, a higienização dos dentes é responsável por remover os resquícios de alimentos que ficam na boca após a alimentação.

Dessa forma, ao remover essas partículas reduzimos a possibilidade de as bactérias se acumularem nos dentes e causarem complicações de saúde bucal.

Logo, quando o paciente utiliza o aparelho ortodôntico é ainda mais importante atentar-se aos cuidados de saúde bucal.

Isso se deve ao fato de que o aparelho acaba contribuindo para um maior acúmulo de partículas de alimentos, o que por sua vez aumenta o risco da proliferação de bactérias e desenvolvimento de problemas de saúde bucal.

Portanto, ao utilizar um aparelho ortodôntico é importante que o paciente mantenha uma boa escovação dos dentes, além de um ótimo uso do fio dental.

Para complementar essa limpeza o paciente também pode utilizar o enxaguante bucal, visto que ele consegue contribuir para a limpeza de lugares de mais difícil acesso.

Porém, é importante lembrar que eles devem ser utilizados em conjunto e não separadamente, portanto para uma ótima higiene bucal, eles devem ser utilizados em conjunto.

sorriso de paciente com o aparelho autoligado estético

Quais são os tipos de aparelho autoligado estético?

O aparelho autoligado é um aparelho ortodôntico que possui algumas versões estéticas que são confeccionadas de outros materiais que visam oferecer ao paciente a oportunidade de passar por um tratamento mais discreto.

Dessa forma, os aparelhos autoligados estéticos são confeccionados com materiais que garantem que ele possa se camuflar entre os dentes.

Sendo assim, além do modelo metálico, que é o convencional, também é possível encontrá-lo de resina, porcelana e safira.

Cada um desses materiais possui uma característica específica concedida pelo material no qual é confeccionado. Desse modo, eles recebem as seguintes características baseadas em seu material de confecção:

  • A resina possui uma tonalidade mais esbranquiçada, semelhante aos dentes, e possui um valor mais em conta. Porém, é um material menos resistente que os demais;
  • A porcelana também é material esbranquiçado, com uma tonalidade que se assemelha aos dentes, e possui uma resistência excepcional. Porém tende a ser um pouco mais caro;
  • A safira é um material de tonalidade translúcida, portanto ela consegue se camuflar em meio aos dentes. Essa variação do aparelho possui uma ótima estética e uma ótima resistência, porém, assim como a porcelana, tende a ser mais caro.

LEIA TAMBÉM: Conheça quais são os 3 tipos de aparelho estético existentes

Aparelho autoligado antes e depois

Grande parte das vezes, o aparelho autoligado antes e depois apresenta resultados positivos para os pacientes. Mas, é preciso que eles sigam adequadamente os cuidados citados ao longo do artigo.

Antes 

O aparelho autoligado é recomendado para a correção de disfunções que ocorrem nos dentes, como desalinhamento, mordida cruzada e falta de espaço na arcada dentária.

Esse cuidado é fundamental para pacientes que se sentem incomodados com a aparência do sorriso. 

Portanto, se o dentista verificar que o uso desse aparelho é apto para o paciente por meio de uma avaliação adequada, o tratamento pode ser seguido.

Depois

Após o processo de criação de pasta do paciente, é feito um molde que cria a estrutura do dispositivo. Ao finalizar, o aparelho é inserido na arcada dentária, dando continuidade com o devido acompanhamento e manutenção. 

Posteriormente, será indicado a realização de consultas para visualizar o que o dispositivo conseguiu ou não corrigir. Esses processos são extremamente úteis para que o profissional determine um possível prazo para a remoção do aparelho, processo que demonstrará os resultados do uso. 

Quanto custa um aparelho autoligado?

Não é possível definir um valor exato para o aparelho autoligado, já que pode variar conforme a clínica onde o tratamento é feito.

Além disso, também devem ser levados em consideração os preços dos exames a serem feitos para definir o tipo de aparelho a ser utilizado e das manutenções. 

Mas, no geral, a média de preço do aparelho autoligado fixo comum em si varia de R$500,00 (quinhentos reais) a R$1.000 (mil reais).

Enquanto isso, o aparelho fixo estético possui um preço mais elevado, oscilando entre R$1.000 (mil reais) a R$2.500 (dois mil e quinhentos reais).

Onde colocar um aparelho ortodôntico de qualidade?

No momento de decidir onde colocar seu aparelho ortodôntico é fundamental que você escolha uma clínica confiável para garantir que seu tratamento será realizado da melhor maneira possível.

Portanto, na hora de colocar seu aparelho de safira ou realizar qualquer outro procedimento ortodôntico você pode confiar na OralDents.

Na OralDents você conta com profissionais de qualidade para lhe proporcionar o melhor atendimento, além de também contar com ótimos equipamentos.

A visita a uma clínica odontológica OralDents não visa só um sorriso mais bonito, mas também uma melhor qualidade de vida.

O seu sorriso é nossa prioridade! Confie na OralDents!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *